Arquivos 8 de Janeiro de 2014 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

8 de Janeiro de 2014

Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos – IPBES e a agenda 2014-2018

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

08 de Janeiro de 2014

     O primeiro Plano de Trabalho e Orçamento da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos – IPBES, aprovado em dezembro/2013, na Turquia, dispõe de um total de US$ 25,4 milhões de dólares para iniciar os trabalhos para os próximos 5 anos (2014-2018).

    Esse ambicioso programa demonstra o forte compromisso para a implementação de ações em biodiversidade e serviços ecossistêmicos e ficou conhecido como o “Consenso de Antalya”, pois foi nesta cidade, na Turquia, onde ocorreu a 2ª Sessão da Plenária do IPBES-2, de 9 e 14 de dezembro/2013.

     A agenda de trabalho engloba o período de 2014 a 2018, considerando a realização de avaliações temáticas, regionais e sub-regionais, bem como atividades para o estabelecimento de capacidades e de um quadro conceitual que considere os diferentes sistemas de regras e procedimentos para a Plataforma.

     Os mais de 400 delegados presentes na Plenária aprovaram a agenda de trabalho para a elaboração de um estudo exploratório sobre valoração e contabilidade da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos, a ser realizado pelos membros do Painel Multidisciplinas de Especialistas (MEP – Multidisciplinary Expert Panel).

     Ao longo dos próximos cinco anos, as atividades, bem como a avaliação em escalas regional e global sub-regional, realizadas pelo IPBES vão reforçar a interface ciência e política em todos os níveis. Ao fazê-lo, o IPBES deve contribuir para os objetivos dos planos estratégicos dos acordos ambientais multilaterais relacionados à biodiversidade. A Plataforma também deve apoiar o trabalho sobre a integração do conhecimento indígena e local em processos científicos e, ainda, na avaliação e valoração da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos.

Publicidade

Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos – IPBES e a agenda 2014-2018

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

08 de Janeiro de 2014

     O primeiro Plano de Trabalho e Orçamento da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos – IPBES, aprovado em dezembro/2013, na Turquia, dispõe de um total de US$ 25,4 milhões de dólares para iniciar os trabalhos para os próximos 5 anos (2014-2018).

    Esse ambicioso programa demonstra o forte compromisso para a implementação de ações em biodiversidade e serviços ecossistêmicos e ficou conhecido como o “Consenso de Antalya”, pois foi nesta cidade, na Turquia, onde ocorreu a 2ª Sessão da Plenária do IPBES-2, de 9 e 14 de dezembro/2013.

     A agenda de trabalho engloba o período de 2014 a 2018, considerando a realização de avaliações temáticas, regionais e sub-regionais, bem como atividades para o estabelecimento de capacidades e de um quadro conceitual que considere os diferentes sistemas de regras e procedimentos para a Plataforma.

     Os mais de 400 delegados presentes na Plenária aprovaram a agenda de trabalho para a elaboração de um estudo exploratório sobre valoração e contabilidade da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos, a ser realizado pelos membros do Painel Multidisciplinas de Especialistas (MEP – Multidisciplinary Expert Panel).

     Ao longo dos próximos cinco anos, as atividades, bem como a avaliação em escalas regional e global sub-regional, realizadas pelo IPBES vão reforçar a interface ciência e política em todos os níveis. Ao fazê-lo, o IPBES deve contribuir para os objetivos dos planos estratégicos dos acordos ambientais multilaterais relacionados à biodiversidade. A Plataforma também deve apoiar o trabalho sobre a integração do conhecimento indígena e local em processos científicos e, ainda, na avaliação e valoração da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos.