Arquivos 21 de junho de 2013 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

21 de junho de 2013

Agenda ambiental global até 2018

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

21 de junho de 2013

   A 44ª reunião do Conselho do GEF (Global Environmental Fund), em Washington, discute, nos dias 20 e 21 de junho, agenda ambiental global até 2018. No período de 2014 a 2018 serão liberados $369,82 milhões de dólares para o novo programa de trabalho. Aprovaram, também, o financiamento inicial para as ações da Convenção de Minimata sobre Mercúrio.

Membros do Conselho Fonte: GEF

Membros do Conselho
Fonte: GEF

    A presidente do GEF, Naoko Ishii, disse na oportunidade: “Em primeiro lugar, o GEF deve se concentrar em combater causas subjacentes da degradação ambiental, não só os sintomas. Eu acredito que a força potencial do GEF é a sua rede de parcerias com outras agências, convenções, com o Escritório de Avaliação do GEF, com o Painel Consultivo Científico e Técnico (STAP), com o setor privado e organizações da sociedade civil”. Enfrentar sérias ameaças ambientais exige destes parceiros “compartilhar a mesma orientação estratégica e contribuir baseado em seus próprios valores.”

Fonte: GEF

Publicidade

Agenda ambiental global até 2018

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

21 de junho de 2013

   A 44ª reunião do Conselho do GEF (Global Environmental Fund), em Washington, discute, nos dias 20 e 21 de junho, agenda ambiental global até 2018. No período de 2014 a 2018 serão liberados $369,82 milhões de dólares para o novo programa de trabalho. Aprovaram, também, o financiamento inicial para as ações da Convenção de Minimata sobre Mercúrio.

Membros do Conselho Fonte: GEF

Membros do Conselho
Fonte: GEF

    A presidente do GEF, Naoko Ishii, disse na oportunidade: “Em primeiro lugar, o GEF deve se concentrar em combater causas subjacentes da degradação ambiental, não só os sintomas. Eu acredito que a força potencial do GEF é a sua rede de parcerias com outras agências, convenções, com o Escritório de Avaliação do GEF, com o Painel Consultivo Científico e Técnico (STAP), com o setor privado e organizações da sociedade civil”. Enfrentar sérias ameaças ambientais exige destes parceiros “compartilhar a mesma orientação estratégica e contribuir baseado em seus próprios valores.”

Fonte: GEF