Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

fortaleza

Futebol cearense precisa sair do amadorismo para sobreviver

Por guilhermecustodio em Opinião

18 de Janeiro de 2016

Dez clubes participam da competição. Foto: FCF/Divulgação

Dez clubes participam da competição. Foto: FCF/Divulgação

Não é de hoje que todos nós sabemos que o futebol cearense precisa ser melhorado em vários aspectos, mas, principalmente, na organização e na estrutura que os clubes do interior têm para desempenhar a modalidade.

Todo início de campeonato é a mesma coisa.  Os times do interior saem das suas sedes para viajar centenas de quilômetros para exercer o seus mandos de campo em outras cidades. Na abertura do Estadual, entre Itapipoca e Uniclinic, no último sábado (16), o time da terra dos três climas mandou seu jogo no Estádio do Junco, em Sobral, devido o Perilo Teixeira não ter condições estruturais de receber partidas do cearense. Resultado: apenas 73 pessoas pagaram para assistir a o evento, que teve uma renda de R$ 496,00.

O Maranguape desceu a serra para jogar contra o Icasa no Estádio Presidente Vargas. Prática que se tornou comum no ano passado com o time da Região Metropolitana de Fortaleza com a falta do Estádio Moraisão, que não estar apto a receber jogos do certame. Apenas 140 pessoas pagaram para acompanhar este jogo, que teve uma renda de R$ 1.300,00.

O Quixadá fará sua estreia na competição na próxima quinta-feira (20) contra o Itapajé. O duelo acontecerá bem longe do Estádio Abilhão. Mas precisamente no bom e velho PV. Falta os clubes do nosso interior se unirem com as gestões municipais e os empresários para tentar conseguir recursos que possibilitem melhorar as condições de seus respectivos estádios. Chega a ser absurdo ver tamanha falta de visão em pleno século XXI. Hoje, o Campeonato Cearense é transmitido por três emissoras de televisão, que levam o evento para o mundo inteiro. Sem contar com os vários portais de notícias, rádios e jornal impresso. Quer melhores fontes de propaganda para seus times querem ter?

Se não bastasse os problemas estruturais, os dirigentes ainda conseguem bagunçar o campeonato antes mesmo de começar, com o sobe e desce de time via Justiça Desportiva. Já passou da hora do profissionalismo chegar no nosso futebol, não sendo apenas exclusividade de Ceará e Fortaleza.

Saiba mais
Guia do Campeonato Cearense 2016: conheça os times que desafiam Ceará e Fortaleza

Publicidade

Há dez anos, Clodoaldo fez a festa contra o São Paulo de Rogério Ceni

Por guilhermecustodio em Futebol, Futebol Digital

12 de dezembro de 2015

Rogério Ceni defendeu o São Paulo durante 25 anos. Foto: saopaulofc.net/Divulgação

Rogério Ceni defendeu o São Paulo durante 25 anos. Foto: saopaulofc.net/Divulgação

A noite desta última sexta-feira (11) ficará marcada na memória dos torcedores são-paulinos. O “Mito” Rogério Ceni, 42 anos, se aposentou oficialmente do futebol no seu palco preferido, o Estádio do Morumbi.

Há dez anos, o baixinho Clodoaldo fez o gol que deu a vitória do Fortaleza contra o São Paulo, em jogo do Brasileirão da Série A de 2005. Na meta do time paulista estava Rogério Ceni. O gol do “capetinha” fez o Estádio Castelão explodir de alegria. Reveja o gol . Poucos dias depois desse confronto, o time paulista viajou para o Japão, onde se sagrou tricampeão do mundo ao vencer o Liverpool-ING por 1 a 0, com destaque para a atuação memorável do camisa 01 do São Paulo.

Nesta sexta, o Fortaleza lembrou no seu perfil no Instagram da despedida do goleiro-artilheiro. O Tricolor cearense fez questão de lembrar que Rogério Ceni nunca fez gol diante do Leão do Pici. No dia 31 de agosto de 2006, São Paulo e Fortaleza se enfrentaram no Morumbi pelo Brasileirão. Aos 49 minutos do segundo tempo, então goleiro Albérico, defendeu um pênalti cobrado por Ceni e assim garantiu o empate em 1 a 1.

Ficha Técnica do confronto de 2005
Fortaleza – Albérico (goleiro), Ronaldo Angelim (zagueiro), Márcio Goiano (zagueiro), Amaral (lateral-direito), Giba (lateral-esquerdo), Erandir (volante), Dude (volante), Clodoaldo (atacante -depois; Alex Afonso), Lúcio (meio-campo), Paulo Isidoro (meio-campo, depois; Marcelo Lopes), Rinaldo (atacante -depois; Fumagalli).

São Paulo – Rogério Ceni (goleiro), Edcarlos (zagueiro), Flávio Donizete (defensor), Lugano (zagueiro), Cicinho (lateral-direito), Júnior (lateral-esquerdo, depois; Richarlyson), Josué (volante), Danilo (meio-campo), Mineiro (meio-campo), Christian (atacante, depois; Thiago Ribeiro), Amoroso (atacante, depois; Grafite).

Saiba mais
Autor da música ‘rap do Clodoaldo’ relembra sucesso no início dos anos 2000

 

Publicidade

Projeto social faz a diferença em comunidade carente de Fortaleza

Por guilhermecustodio em Social Esporte Clube

24 de novembro de 2015

DSC07383

Washington dos Santos desenvolve o projeto há 19 anos. Foto: Guilherme Custódio

Uma comunidade centenária, essa é o Poço da Draga, que fica localizada entre o Centro e a Praia de Iracema, em Fortaleza. O local existe há 109 anos, mas também enfrenta problemas sociais contemporâneos da nossa capital. O esporte é o meio que vem mudando a vida de dezenas de crianças nesta área.

“Minha missão nesta vida é essa”. É assim que Washington dos Santos, 45 anos, cabeleireiro nas horas vagas, e treinador de uma escolinha de futsal na quadra da comunidade define a sua vida.

A escolinha, aberta aos interessados, possui as categorias sub-9 masculino e feminino, sub-12 masculino e o sub-20 masculino. Os treinos são das 17 horas às 21 horas e 30 minutos, de segunda a sexta.

Desde 1996 com o projeto, Santos diz que o seu trabalho é formar cidadãos.  “O meu objetivo é a formação de cidadãos e a ocupação dos jovens. Quero botar uma ideia boa na cabeça de quem participa do projeto”, destacou.

O treinador solicita o apoio de empresários e das autoridades  ao projeto. “Estou quase sendo forçado a parar, por que as crianças também querem jogar, e não apenas treinar. Falta material de jogo, como coletes, uniformes e bolas”.

Mesmo com as dificuldades, o projeto é visto com bons olhos pelos moradores da comunidade do Poço da Draga. “Ele (o projeto) tira as crianças do meio da rua, elas não ficam fazendo o que não presta. Dá um suporte melhor na formação deles”, acredita Kilson Gomes, 42 anos, motoboy.

*Escrito pelo jornalista Guilherme Custódio

Aulas são realizadas de segunda a sexta. Foto: Guilherme Custódio
1/2

Aulas são realizadas de segunda a sexta. Foto: Guilherme Custódio

Aulas são realizadas de segunda a sexta. Foto: Guilherme Custódio

“Meu sonho é ser um jogador como um Cristiano Ronaldo, um Messi. Mas meu estilo é igual ao do Neymar”.  Wesley Santos, 8 anos, aluno do projeto.Foto: Guilherme Custódio
2/2

“Meu sonho é ser um jogador como um Cristiano Ronaldo, um Messi. Mas meu estilo é igual ao do Neymar”. Wesley Santos, 8 anos, aluno do projeto.Foto: Guilherme Custódio

“Meu sonho é ser um jogador como um Cristiano Ronaldo, um Messi. Mas meu estilo é igual ao do Neymar”. Wesley Santos, 8 anos, aluno do projeto. Foto: Guilherme Custódio

 

Saiba mais
Ex-jogador utiliza o esporte como forma de inclusão social no interior do Ceará
Jogo beneficente reúne artistas e ídolos do futebol cearense no estádio da Unifor

 

Publicidade

Flamengo inaugura duas lojas oficiais em Fortaleza

Por guilhermecustodio em Sem categoria

08 de novembro de 2015

20151105180212_151

Inauguração das lojas aconteceu neste sábado (7). Foto:/Divulgação

O Flamengo inaugurou neste sábado (7) duas lojas oficias na capital cearense. A unidades ficam localizadas no Aeroporto Internacional Pinto Martins e no Shopping Parangaba. Os torcedores rubro-negros podem adquirir produtos licenciados do clube e da linha de material Adidas do clube.

Os sócios-torcedores do Flamengo têm vantagens na compra de produtos nas lojas inauguradas em Fortaleza. No próximo dia 15 de novembro o ‘Mais Querido vai completar 120 anos. Para comemorar a data, será realizado um amistoso contra o Orlando City, time onde joga o meia-atacante Kaká. A partida será no Estádio Maracanã.

Opinião
A iniciativa do time de maior torcida do Brasil está mais do que certa. A gestão do atual presidente Eduardo Bandeira de Melo, que assumiu o clube em 2013, vem melhorando e muito as ações de marketing do clube carioca em todo o país. Uma marca como o Flamengo tem um potencial enorme para atrair receita perante a sua torcida. Fica a lição para os times do futebol nordestino, e principalmente cearense, que deveriam se unir mais para explorar a força que os clubes da nossa região possuem.

Saiba mais
Com jogadores do time profissional, Fortaleza empata com sub-20 do Ceará na Taça Fares Lopes

Publicidade

Jogo beneficente reúne artistas e ídolos do futebol cearense no estádio da Unifor

Por guilhermecustodio em Social Esporte Clube

27 de outubro de 2015

Social Esporte Clube

Evento contará com programação cultural para as crianças. Foto/Divulgação

O Site Social Esporte Clube realiza no próximo sábado (31), 0 1º jogo beneficente do projeto, no estádio da Universidade de Fortaleza (Unifor). Para participar do evento, o público deve doar uma lata ou um saco de leite em pó. Os donativos serão entregues ao Iprede e para uma comunidade do Dendê, no Bairro Edson Queiroz.

O “racha social” vai contar com a participação dos ex-jogadores Iarley, Bechara, Sérgio Alves, Manoel Tobias, Daniel Sobralense, (jogador do Fortaleza, Fábio Pizzato, apresentador do Globo Esporte, os músicos Fran & Diego, Guto Ribeiro, Pedro e Kauan, diretor do filme “Cine Holliúdy”, Halder Gomes, o humorista Luiz Antônio (que interpreta o personagem Aurineide Camurupim, e outros nomes conhecidos do público cearense.

A iniciativa conta também com uma programação cultural destinada as crianças, em comemoração ao mês delas. Antes da partida, às 15h, a Big Band e a Orquestra Sanfônica da Unifor se apresentam no local. Os espetáculos acontecerão ainda no intervalo do jogo, previsto para começar às 17h, e após o término da partida. A comemoração conta com o apoio das empresas NET, Indaiá, Blinclass, Assembleia Legislativa, Capuchino Press, Blitz Intervenções e Agência Maestros.

Saiba mais
Ex-jogador utiliza o esporte como forma de inclusão social no interior do Ceará

Publicidade

Sesi realiza jogos de classe em três regiões do Ceará a partir desse fim de semana

Por guilhermecustodio em Futsal

17 de outubro de 2015

Cerca de 1.500 trabalhadores devem participar do evento. Foto:/Divulgação

Cerca de 1.500 trabalhadores devem participar do evento. Foto:/Divulgação

Tem início neste sábado (17) mais uma edição dos jogos de classe promovido pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-CE). A competição deve reunir cerca de 1.500 trabalhadores nas modalidades de futsal e futebol de campo.

As partidas de futebol de salão são realizadas nas quadras da unidade do Sesi no Bairro Parangaba, em Fortaleza, a partir das 14h45. Os jogos de futebol de campo serão realizados a partir do próximo dia 20, no Sesi da Barra do Ceará, na capital cearense, às 19h45.

Oito jogos marcam o início da competição nesse sábado (17). As equipes que lutam pelo título da bola pesada no maior torneio de classe do país são as seguintes; Esmaltec (2 equipes), Guararapes, Correios, J. Macedo, Mecesa, 3 Corações, Recamonde, Durametal, Schneider Eletric, Dilady,  Pena, Quimil, TGA,  Mult Óptica, Cholet, Fiori, CBL Alimentos, Cardigan e Sesi.

Na outra parte do evento, dezenove times buscarão o título no futebol de campo, são eles; Esmaltec, Guararapes, BS Tower, M. Dias Branco, Marisol, Norsa, Hidrotintas, Mecesa, Verdes Mares, Schneider Eletric, Muza Venezia, Muza Treviso, Cerbrás, Policlass, Metal Leste, Fiori, Aço Cearense, Ondas, e Nufarm.

Segundo o coordenador dos Jogos do Sesi-CE, Eugênio Monteiro, o evento esportivo envolve empresas da Região Metropolitana de Fortaleza, Sobral e da Região do Cariri e segue até dezembro deste ano, com mais de 1.500 participantes.

A iniciativa tem o objetivo de reunir empresários e industriários, para estimular a prática esportiva e o intercâmbio sociocultural desportivo. A ação também incentiva a adoção de práticas saudáveis, estreitando as relações entre os trabalhadores e empresários.

Saiba mais
Tocha olímpica passará por 12 cidades do Ceará

 

Publicidade

Após 13 anos, Kaká volta a defender a Seleção Brasileira em Fortaleza

Por guilhermecustodio em Sem categoria

05 de outubro de 2015

Kaká

Kaká já disputou 90 jogos pela Seleção Brasileira. Foto: Rafael Ribeiro/CBF

O meia-atacante Kaká, 33 anos, foi convocado neste domingo (4) para os dois primeiros jogos do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. O jogador do Orlando City, dos Estados Unidos, substitui o meia-atacante Philippe Coutinho, do Liverpool-ING, cortado por contusão.

A última vez que Kaká defendeu o Brasil no Estádio Castelão foi na derrota brasileira por 1 a 0 para o Paraguai, no 21 de agosto de 2002. A partida amistosa foi em comemoração a conquista do pentacampeonato mundial na Copa do Mundo da Coreia do Sul e do Japão.

A estreia da Seleção nas Eliminatórias será contra o Chile, nesta quinta-feira (8), às 20h30, em Santiago. Na sexta-feira (9) a delegação brasileira chega na capital cearense para os treinamentos do jogo contra a Venezuela, marcado para o dia 13, às 22h.

Venda de ingressos
Nesta segunda-feira (5), a partir das 14h, tem início a venda de ingressos em postos físicos para o jogo da Seleção canarinho no Estádio Arena Castelão. Os torcedores podem também comprar pela internet, no site Ingresso Fácil. Os locais de venda são os seguintes;

Loja Leão Shop 1º Piso
Shopping Parangaba Endereço: Rua Germano Franck, 300, Bairro Parangaba, Fortaleza

Loja Caldeirão
Shopping Rio Mar
Endereço: R. Lauro Nogueira, 1.500 (R. Almeida Prado), Papicu, Fortaleza,
Loja Nº: 233, Piso E2

Loja F2L Sports Outlet
Shopping Cidade da Moda
Endereço: Avenida Domingos Olímpio 1.400 – loja 79, Benfica, Fortaleza

Saiba mais
Ingressos para jogo do Brasil no Estádio Arena Castelão começam a ser vendidos
Estreia do Brasil no Estádio Castelão teve um público de mais de 118 mil pessoas: relembre

 

 

Publicidade

Instituto realiza copa de karatê para discutir o esporte como ferramenta social

Por guilhermecustodio em Karatê

25 de setembro de 2015

Foto: Camila Leite/Divulgação

Projeto Buschi No Te é desenvolvido no Bairro Passaré, em Fortaleza. Foto: Camila Leite/Divulgação

No próximo domingo (27) o Instituto Beatriz e Lauro Fiuza (IBLF) realiza a 1ª Copa Bushi No Te (expressão japonesa que significa Mãos de Guerreiros) de karatê, na unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc-CE), na Rua Clarindo de Queiroz, 1.740, no Bairro Centro, em Fortaleza.

Um dos principais objetivos do evento é discutir com outras entidades que trabalham com o karatê no estado estratégias para trabalhar o esporte como ferramenta de inclusão social. O torneio deve reunir quarenta escolas da modalidade de todo o Ceará.

Os caratecas disputarão o campeonato em 86 categorias, divididas em idade, peso e sexo. A primeira categoria inicia aos cinco anos de idade e a última é para maiores de 55 anos. O projeto esportivo do IBLF é desenvolvido Bairro Passaré e atende 150 crianças e adolescentes, dos quatro aos 18 anos. A entidade oferece aos alunos e aos familiares acompanhamento psicológico e assistencial. A iniciativa colhe os frutos. Muitos integrantes da ação social conseguiram entrar em universidades e no mercado de trabalho, tendo a disciplina ensinada no esporte como caminho para o sucesso.

O coordenador do projeto, Romilson Mariano, ressalta que os integrantes do Buschi No Te precisam se empenhar também nos estudos para puder seguir nas aulas de karatê. “Pra nós eles são mais que atletas, mais que competidores. Pra participar das competições eles têm que estar bem na escola e no convívio com a família”, destaca Mariano.

Em 2015 os atletas do IBLF conquistaram 21 medalhas (10 ouros, 8 pratas e 3 bronzes) no XXI Campeonato Cearense de Karatê Esportivo; 43 medalhas (23 ouros, 06 pratas e 14 bronzes)  na Copa Brasil de Karatê Esportivo, que aconteceu em João Pessoa/PB. Ficou também em terceiro lugar no número de medalhas (15 ouros, 6 pratas e 11 bronzes) na V Copa Estadual Vale do Acaraú de Karatê Esportivo, que aconteceu no dia 30 de agosto desse ano.  No ano passado foram 2 pratas e 1 bronze, no Mundial de Karatê, que aconteceu em Foz do Iguaçu-PR

Saiba mais
Ex-jogador utiliza o esporte como forma de inclusão social no interior do Ceará

Serviço

I Copa Bushi No Te de Karatê Esportivo
Local: Sesc – Unidade Fortaleza. Rua Clarindo de Queiroz, 1.740 – Centro – Fortaleza
Data: 27 de setembro de 2015
Horário: das 8h às 17h
Informações: (85) 3268-2132 /3114-3984

 

 

 

 

 

Publicidade

Na teoria, grupo em que o Fortaleza foi sorteado é o mais difícil da Copa do Nordeste 2016

Por guilhermecustodio em Opinião

25 de setembro de 2015

Copa do Nordeste acontece 2016 acontece entre os dias 14 de fevereiro e 1º de maio. Arte: Thiago Minhoca

Copa do Nordeste acontece 2016 acontece entre os dias 14 de fevereiro e 1º de maio. Arte: Thiago Minhoca

Nesta quinta-feira (24) foram definidos os grupos da Copa do Nordeste 2016, em evento realizado em Natal-RN. Pelo segundo ano consecutivo, a “Lampions League” conta com representantes de todos os estados nordestinos.

Em tese, o grupo D (que conta com Sport, Fortaleza, Botafogo-PB e Ríver-PI é o mais difícil do torneio. O Sport chegará mais uma vez para a competição com um dos favoritos.

O Leão da Ilha é tricampeão do Nordeste e, apesar de cair de rendimento desde a reta final do 1º turno da Série A, certamente é um dos clubes da região de maior poder aquisitivo na montagem de elenco.

O Fortaleza tem um ano de 2015 muito bom, que pode ser melhor ainda caso o Tricolor de Aço consiga o tão esperado acesso para a Série B 2016. Esse pode ser o fator determinante para time cearense chegar ainda mais forte na Copa do Nordeste. Pois, caso o objetivo de ascensão à Série B seja alcançado, a tendência é o clube manter uma base do elenco e se reforçar ainda mais para a próxima temporada.

O Botafogo-PB não vive um ano bom dentro de campo. O “Belo” já não tem mais chance de acesso para a Série B. Com isso, o Alvinegro da Paraíba deve reformular o plantel para 2016. Mas a equipe paraibana costuma dar trabalho na Copa do Nordeste. Em 2015, o Botafogo-PB caiu no grupo do Ceará e do Fortaleza. As partidas foram bastante equilibradas, os times cearense venceram uma partida cada uma, por um gol de diferença, outros dois jogos terminaram empatados.

O Ríver-PI é o atual campeão piauiense, uma das grande forças do seu estado e sempre costuma dificultar os jogos para seus adversários no Nordestão. Esse ano, o “Galo Carijó” enfrentou os grandes do futebol cearense, oferecendo muitas dificuldades nos quatros duelos contra Ceará e Fortaleza. Foram dois empates e duas derrotas.

O Blog do Conrado conversou com os jornalistas Bruno Formiga, do Esporte Interativo e com a jornalista/repórter esportiva Yngrid Matsunobu.
Confiram as análises

” É muito difícil apontar o grupo mais fraco. Porque muito times vão mudar na configuração dos elencos, isso é uma característica do futebol nordestino, principalmente, das equipes com menos dinheiro. Que às vezes já tiveram seus calendários encerrados. Os contratos dos jogadores são de seis meses, de um ano. Então, forma-se elencos por temporada. Não existe continuidade.

Teoricamente, o grupo que poderia ser o mais fácil talvez seja América-RN, CRB, Coruripe e Estanciano. Você teria o América-RN destacado. O CRB num outro patamar, mas, Coruripe e Estanciano bem abaixo. Porque se você pegar o grupo E, Ceará e Sampaio Corrêa em um bom nível, apesar do ano muito ruim do Ceará, o Vitória da Conquista sempre tem equipes bem organizadas pra no mínimo atrapalhar.

O grupo mais forte é o grupo D. O Fortaleza vem tendo um ano muito bom e provavelmente tendo continuidade no ano que vem. O Sport mesmo com a freada que deu na Série A é sempre fortíssimo, não deve cair pra Série B, deve ter também um trabalho de continuidade. O Botafogo-PB teve um 2015 muito ruim, mas é sempre uma equipe muito complicada. E o Ríver-Pi a gente está falando de uma das principais forças do estado, então é uma equipe que tem condições de formar um time relativamente competitivo.

Mas repito, essa configuração de hoje tende a mudar muito pro ano que vem. Muitos times aqui vão se modificar, vão se reforçar, se desfazer completamente dos seus elencos. O Ceará, por exemplo: é um time que depende muito se vai ou não ficar na Série B, se por acaso vier o rebaixamento o time vai mudar radicalmente. O Fortaleza se subir pra Série B eleva muito o patamar financeiro. O Sport se continuasse o que vinha fazendo com o Eduardo Batipsta e beliscasse uma vaga na Libertadores, mudaria de patamar. Então, muita coisa vai mudar pro ano que vem. Hoje a configuração me parece mais ou menos essa”, finalizou Formiga.

A jornalista Yngrid Matsunobu tem pensamento semelhante com as opiniões acima. “Achei que alguns grupos ficaram bem parelhos e outros não tanto. O grupo A tem o ABC tem o na Série B, o Salgueiro na C, mas já o Campinense e o Imperatriz já ficam ali deixando o grupo mais tranquilo. Que é o mesmo caso do grupo B e o C, que podemos dizer que, relativamente, são os grupos mais tranquilos. O grupo D é o mais difícil, como já foi até apelidado de grupo da morte. Porque tem quatro clubes com muita tradição. Tem o Ríver-PI que disputa a Série D e briga para ir para a próxima fase. Também tem o Botafogo-PB, que um dos principais times da Paraíba. Fortaleza que vem de um ano de título estadual e uma boa campanha até agora na Série C. E o Sport, único time nordestino na Série A.

O grupo do Ceará eu acho que ficou uma chave mais tranquila pra ele. Acredito que, teoricamente, ele vai brigar com o Sampaio pelo primeiro lugar. Já o grupo mais fácil é o grupo B. Onde o América-RN e o CBR são favoritos as duas vagas. O Coruripe e o Estanciano já ficam mais atrás, mas tudo pode acontecer”, completou Yngrid.

Saiba mais
Cearense há 10 anos na Seleção Brasileira já foi cobrador de ônibus e sonha em jogar um Mundial

 

Publicidade

Sesi-CE está com inscrições abertas para o maior torneio de classe do país

Por guilhermecustodio em Sem categoria

20 de agosto de 2015

Jogos do Sesi são o maior evento esportivo de classe do país. Foto:/Divulgação

Jogos do Sesi são o maior evento esportivo de classe do país. Foto:/Divulgação

O Serviço Social da Indústria (Sesi-CE) está com inscrições abertas para mais uma edição do Jogos do Sesi. O evento tem início programado para os próximos dias 12 e 16 de setembro, e será realizado em quatro unidades da instituição espalhadas pelo estado (Sesi Parangaba, Sesi Barra do Ceará, em Fortaleza), Sesi Sobral e Sesi Juazeiro do Norte.

O campeonato deve reunir cerca de 1.800 competidores, em Fortaleza e na Região Metropolitana, Sobral e também na Região do Cariri. Cada empresa pode inscrever mais de uma equipe, porém, um jogador poderá disputar do torneio em apenas uma modalidade esportiva. A disputa deve seguir até o mês de dezembro.

Os Jogos do Sesi são o maior torneio esportivo de classe do país, com disputas voltadas ao trabalhador/atleta. O evento busca reunir empresários e industriários, incentivando o desporto e a troca sociocultural esportiva entre os participantes.

Serviço
Jogos do Sesi 2015
Início: 12 e 16 de setembro
Inscrições: Sesi Parangaba (Fortaleza) – Avenida João Pessoa 6.754, telefone: (85) 3421-6105
Sesi Barra do Ceará (Fortaleza) – Avenida Francisco Sá 6.623, telefone (85) 3455-6221/ 6223
Sesi Juazeiro do Norte – Rua José Marrocos, 2.265, Bairro Pirajá, telefone (88) 2101-8415
Sesi Sobral – Avenida Dr Arimatéia Monte e Silva, 1.003, Bairro Campo dos Velhos, telefone (88) 3112-8314

Saiba mais
Amistoso de futsal entre Brasil x Portugal na Arena Castelão já tem data definida

 

Publicidade

Sesi-CE está com inscrições abertas para o maior torneio de classe do país

Por guilhermecustodio em Sem categoria

20 de agosto de 2015

Jogos do Sesi são o maior evento esportivo de classe do país. Foto:/Divulgação

Jogos do Sesi são o maior evento esportivo de classe do país. Foto:/Divulgação

O Serviço Social da Indústria (Sesi-CE) está com inscrições abertas para mais uma edição do Jogos do Sesi. O evento tem início programado para os próximos dias 12 e 16 de setembro, e será realizado em quatro unidades da instituição espalhadas pelo estado (Sesi Parangaba, Sesi Barra do Ceará, em Fortaleza), Sesi Sobral e Sesi Juazeiro do Norte.

O campeonato deve reunir cerca de 1.800 competidores, em Fortaleza e na Região Metropolitana, Sobral e também na Região do Cariri. Cada empresa pode inscrever mais de uma equipe, porém, um jogador poderá disputar do torneio em apenas uma modalidade esportiva. A disputa deve seguir até o mês de dezembro.

Os Jogos do Sesi são o maior torneio esportivo de classe do país, com disputas voltadas ao trabalhador/atleta. O evento busca reunir empresários e industriários, incentivando o desporto e a troca sociocultural esportiva entre os participantes.

Serviço
Jogos do Sesi 2015
Início: 12 e 16 de setembro
Inscrições: Sesi Parangaba (Fortaleza) – Avenida João Pessoa 6.754, telefone: (85) 3421-6105
Sesi Barra do Ceará (Fortaleza) – Avenida Francisco Sá 6.623, telefone (85) 3455-6221/ 6223
Sesi Juazeiro do Norte – Rua José Marrocos, 2.265, Bairro Pirajá, telefone (88) 2101-8415
Sesi Sobral – Avenida Dr Arimatéia Monte e Silva, 1.003, Bairro Campo dos Velhos, telefone (88) 3112-8314

Saiba mais
Amistoso de futsal entre Brasil x Portugal na Arena Castelão já tem data definida