Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

Handebol

Cearense Elaine Gomes é campeã de handebol na Turquia

Por guilhermecustodio em Handebol

30 de agosto de 2017

Última agachada da esquerda para a direita. De Fortaleza para o mundo! Foto: Divulgação

Com apenas um mês morando na Turquia, a pivô cearense Elaine Gomes conquistou o seu primeiro título no país europeu. Nesta terça-feira o Kastamonu Belediyesi, time de Elane, venceu o Yenimahalle Belediyesi pelo placar de 27 x 26 e faturou a Supercopa da Turquia de handebol.

“Começamos com o pé direito. Eu joguei pouco tempo, mas não estou chateada nem triste. Até porque o técnico mesmo me disse: “Calma, eu vou te usar durante o ano inteiro”. Então acho que foi alguma técnica dele, porque teve TV, gente filmando. Joguei acho que nem 15 minutos no primeiro tempo. Mas isso não importa. O que importa é que ganhamos. Temos que acertar muita coisa. Foi bem ruim o jogo. Mas agora não tem do que reclamar. Ao menos ganhamos, mesmo jogando mal”, afirmou a cearense campeã mundial em 2013 e bicampeã pan-americana com a seleção brasileira.

“A gente percebeu com esse jogo que a gente tem que melhorar muito, muito mais. Para o nível de Champions League, daqui a duas semanas, a gente não está nada bem. Mas vamos seguir”, concluiu.

A estreia na Champions League acontece no dia 9 de setembro, na Croácia, contra o Podravka Vegeta. Será um jogo único. Quem se classificar garante vaga para a fase de grupos da competição. O Kastamonu Belediyesi é o atual campeão turco.

leia tudo sobre

Publicidade

Cearense Elaine Gomes é campeã de handebol na Turquia

Por guilhermecustodio em Handebol

30 de agosto de 2017

Última agachada da esquerda para a direita. De Fortaleza para o mundo! Foto: Divulgação

Com apenas um mês morando na Turquia, a pivô cearense Elaine Gomes conquistou o seu primeiro título no país europeu. Nesta terça-feira o Kastamonu Belediyesi, time de Elane, venceu o Yenimahalle Belediyesi pelo placar de 27 x 26 e faturou a Supercopa da Turquia de handebol.

“Começamos com o pé direito. Eu joguei pouco tempo, mas não estou chateada nem triste. Até porque o técnico mesmo me disse: “Calma, eu vou te usar durante o ano inteiro”. Então acho que foi alguma técnica dele, porque teve TV, gente filmando. Joguei acho que nem 15 minutos no primeiro tempo. Mas isso não importa. O que importa é que ganhamos. Temos que acertar muita coisa. Foi bem ruim o jogo. Mas agora não tem do que reclamar. Ao menos ganhamos, mesmo jogando mal”, afirmou a cearense campeã mundial em 2013 e bicampeã pan-americana com a seleção brasileira.

“A gente percebeu com esse jogo que a gente tem que melhorar muito, muito mais. Para o nível de Champions League, daqui a duas semanas, a gente não está nada bem. Mas vamos seguir”, concluiu.

A estreia na Champions League acontece no dia 9 de setembro, na Croácia, contra o Podravka Vegeta. Será um jogo único. Quem se classificar garante vaga para a fase de grupos da competição. O Kastamonu Belediyesi é o atual campeão turco.