Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

Ex-jogador utiliza o esporte como forma de inclusão social no interior do Ceará

Por guilhermecustodio em Futsal

16 de Abril de 2015

11017119_600418566761313_198885117740565356_n

Rivando Gomes desenvolve o projeto social há três anos. Foto: Arquivo Pessoal

O ex-jogador de futebol, Rivando Gomes, 48 anos, desenvolve na cidade de Quixeramobim, na Região Sertão Central do Ceará, um projeto social com crianças e adolescentes do Bairro Maravilha, zona periférica do município.

O treinador diz que o projeto “Escola e esporte, maravilha em ação”, surgiu a partir do momento que ele viu que muitos jovens do bairro encontravam-se ociosos, sem perspectivas de um futuro em alguma modalidade esportiva, vulneráveis a se envolver com alguma prática ilegal.

“Morei aqui nesse bairro um longo período da minha vida. Sempre olhava essa garotada e via que eles necessitavam de um auxílio. Em março de 2012 consegui colocar em prática esse trabalho e assim poder dá a minha contribuição para o futuro desses meninos. O nosso objetivo aqui é primeiro formar o cidadão, depois vem o atleta e, por último, o jogador “, disse.

Cerca de 100 crianças e adolescentes participam do projeto Escola e esporte, maravilha em ação. Foto: Arquivo Pessoal

Cerca de 100 crianças e adolescentes participam do projeto Escola e esporte, maravilha em ação. Foto: Arquivo Pessoal

O trabalho é realizado em parceria com as escolas Tereza Heloísa Saraiva Câmara e Álvaro de Araújo Carneiro. A diretora da primeira unidade escolar, Ana Patrícia de Oliveira, destaca como o projeto vem melhorando o desempenho escolar dos alunos. “Esse projeto com os nossos alunos vem tendo uma ajuda muito importante. Os meninos vão gradativamente se envolvendo com o esporte. Um dos requisitos para participar do projeto é ter um bom rendimento na escola. Esse trabalho trouxe um resgate da valorização na atividade física na escola”, concluiu.

Ainda de acordo com o técnico Rivando Gomes, a iniciativa tem a participação de cerca de 100 jovens, com idade de oito a dezessete anos. Os treinamentos são divididos nas categorias sub-10,13, 15 e 17. Mas nem tudo é maravilha no projeto. O treinador conta que a falta de apoio é uma barreira enfrentada diariamente. Muitas vezes os treinamentos ficam comprometidos pela falta de material. ” Têm muito menino aqui que não possui um par de tênis para jogar. Às vezes ficamos sem bola para realizarmos nossos treinos”. O agora treinador de futsal Rivando Gomes, jogou futebol entre os anos de 1987 a 1997. Atuava no meio-campo. Defendeu os times do Quixadá, Tiradentes, Guarany de Sobral e Iguatu.

saiba mais
Atual técnico do Ceará tem no currículo estágio em gigante do futebol europeu
Cearense tem passagem de sucesso em clube candidato ao título da Liga dos Campeões

 


 

 

 

 

 

 

 

Publicidade aqui

Ex-jogador utiliza o esporte como forma de inclusão social no interior do Ceará

Por guilhermecustodio em Futsal

16 de Abril de 2015

11017119_600418566761313_198885117740565356_n

Rivando Gomes desenvolve o projeto social há três anos. Foto: Arquivo Pessoal

O ex-jogador de futebol, Rivando Gomes, 48 anos, desenvolve na cidade de Quixeramobim, na Região Sertão Central do Ceará, um projeto social com crianças e adolescentes do Bairro Maravilha, zona periférica do município.

O treinador diz que o projeto “Escola e esporte, maravilha em ação”, surgiu a partir do momento que ele viu que muitos jovens do bairro encontravam-se ociosos, sem perspectivas de um futuro em alguma modalidade esportiva, vulneráveis a se envolver com alguma prática ilegal.

“Morei aqui nesse bairro um longo período da minha vida. Sempre olhava essa garotada e via que eles necessitavam de um auxílio. Em março de 2012 consegui colocar em prática esse trabalho e assim poder dá a minha contribuição para o futuro desses meninos. O nosso objetivo aqui é primeiro formar o cidadão, depois vem o atleta e, por último, o jogador “, disse.

Cerca de 100 crianças e adolescentes participam do projeto Escola e esporte, maravilha em ação. Foto: Arquivo Pessoal

Cerca de 100 crianças e adolescentes participam do projeto Escola e esporte, maravilha em ação. Foto: Arquivo Pessoal

O trabalho é realizado em parceria com as escolas Tereza Heloísa Saraiva Câmara e Álvaro de Araújo Carneiro. A diretora da primeira unidade escolar, Ana Patrícia de Oliveira, destaca como o projeto vem melhorando o desempenho escolar dos alunos. “Esse projeto com os nossos alunos vem tendo uma ajuda muito importante. Os meninos vão gradativamente se envolvendo com o esporte. Um dos requisitos para participar do projeto é ter um bom rendimento na escola. Esse trabalho trouxe um resgate da valorização na atividade física na escola”, concluiu.

Ainda de acordo com o técnico Rivando Gomes, a iniciativa tem a participação de cerca de 100 jovens, com idade de oito a dezessete anos. Os treinamentos são divididos nas categorias sub-10,13, 15 e 17. Mas nem tudo é maravilha no projeto. O treinador conta que a falta de apoio é uma barreira enfrentada diariamente. Muitas vezes os treinamentos ficam comprometidos pela falta de material. ” Têm muito menino aqui que não possui um par de tênis para jogar. Às vezes ficamos sem bola para realizarmos nossos treinos”. O agora treinador de futsal Rivando Gomes, jogou futebol entre os anos de 1987 a 1997. Atuava no meio-campo. Defendeu os times do Quixadá, Tiradentes, Guarany de Sobral e Iguatu.

saiba mais
Atual técnico do Ceará tem no currículo estágio em gigante do futebol europeu
Cearense tem passagem de sucesso em clube candidato ao título da Liga dos Campeões