Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

Fortaleza Esporte Clube

Em 99 anos de história, Fortaleza disputa a sua quarta final nacional

Por guilhermecustodio em Fortaleza Esporte Clube

10 de outubro de 2017

Fortaleza goleado pelo Botafogo de Paulo César Caju e Afonsinho na grande final de 1968: 4 a 0. Foto: Mundo do Botafogo

O quase centenário Fortaleza começa no sábado (14) a disputa de mais uma final nacional em sua história. O tricolor encara desta vez o CSA (AL) na decisão do Campeonato Brasileiro da Série C. Em outras três oportunidades o clube cearense também chegou a uma final nacional: Taça Brasil em 1960 contra o Palmeiras, Taça Brasil de 1968 contra o Botafogo-RJ e em 2002 decidiu a Série B do Campeonato Brasileiro daquele ano contra o Criciúma de Santa Catarina. Em todas as ocasiões, assim como em 2017, o tricolor decidiu fora de casa.

Relembre as decisões nacionais do Fortaleza:

Taça Brasil de 1960: o alviverde paulista na grande final

Célio, Toinho, Mesquita, Renato, Harry Carey, Sanatiel, Walter Vieira, Najibe, Mozart, Luis Francisco e Benedito. Com esses 11 jogadores de titulares o Fortaleza conquistou em 1960 o vice-campeonato da Taça Brasil (Série A) daquele ano. Na primeira partida da competição, em 11 de setembro, o Fortaleza venceu o ABC em Natal por 3×0. Um empate em 1 a 1 no jogo de volta no PV classificou o Leão.

Em seguida o Fortaleza eliminou o Moto Club (2×0 no PV e 1×1 em São Luís) e o favorito Bahia (0x0 no PV e 2×1 em Salvador). Nas semifinais o Leão encarou o Santa Cruz e empatou o primeiro jogo em Recife por 2×2. No jogo de volta o time cearense venceu em casa pelo placar de 2 a 1.

Na grande final o Fortaleza encarou o poderoso Palmeiras liderado pelos craques Julinho Botelho e Djalma Santos. No jogo de ida disputado no dia 22 de dezembro em um PV superlotado o Palmeiras marcou 3 gols em apenas 19 minutos, enquanto Benedito descontou para o Fortaleza. 3 a 1. Na partida de volta ocorrida em 28 de dezembro em São Paulo o Palmeiras goleou por 8 a 2. O artilheiro da competição foi o craque do Fortaleza Bececê com 6 gols.

Taça Brasil de 1968: a estrela solitária pela frente

Em 1968 o Fortaleza disputou mais uma vez a final da Taça Brasil. Disputando a última edição da competição, o tricolor eliminou o Bahia na fase inicial: perdeu por 1×0 em Salvador e venceu os outros dois jogos no PV por 1×0 e 2×1. Em seguida eliminou o Náutico, atual hexacampeão pernambucano e vice brasileiro de 1967. No jogo de ida em casa o Leão venceu o Timbu por 2×1, mas perdeu em Recife na volta pelo mesmo placar. No terceiro jogo disputado novamente na capital pernambucana o time cearense venceu por 1 a 0 com gol de Mozart.

Na grande final contra o Botafogo-RJ o Fortaleza empatou no PV por 2 a 2 (gols de Joãozinho e Erandy). No jogo de volta no Maracanã o Fogão goleou por 4 a 0 e conquistou a taça daquele ano. A competição atrasou e os jogos da final só aconteceram nos dias 3 de setembro e 4 de outubro de 1969. O time base do Fortaleza foi Mundinho, Willian, Zé Paulo, Renato, Luciano Frota, Garrinchinha, Lucinho, Erandy e Mimi, sob o comando do técnico Gilvan Dias.

Série B de 2002: o Tigre do imortal Paulo Baier na decisão

Jefferson, Ronaldo Angelim, Erandir, Dude, Sérgio, Chiquinho, Mazinho Loyola, Clodoaldo, Vinicius e Finazzi, entre outros, sob o comando de Luis Carlos Cruz, foram os nomes do acesso do Fortaleza para a elite do futebol nacional em 2002. Goleadas históricas marcaram a campanha, como: 4 a 1 no Criciúma, 6 a 1 sobre o Bragantino, 4 a 0 no XV de Piracicaba e 7 a 1 no Botafogo-SP. O Fortaleza terminou a primeira fase em terceiro lugar, atrás apenas de Criciúma e Sport.

No mata-mata a “Jangada Atômica” eliminou o América-MG com um empate em 0 a 0 em Belo Horizonte e uma vitória por 2 a 0 no PV. Nas semifinais contra o Jundiaí, em uma partida histórica no dia 23 de novembro daquele ano, o Tricolor de Aço goleou o time paulista por 6 a 1 no estádio Jaime Cintra (gols de Vinicius, Juninho, Kel e Clodoaldo – 3 vezes). Na volta o Fortaleza empatou no PV por 2 a 2 e garantiu o acesso para a Série A.

No jogo de ida da grande final contra o Criciúma, 49 mil pagantes assistiram no Castelão a vitória do Fortaleza por 2 a 0 (gols de Vinicius e Finazzi). Na partida de volta o Tigre goleou o Leão em Santa Catarina por 4 a 1 (com 3 gols do “lendário” Paulo Baier) e conquistou a Série B de 2002.

4 vezes Fortaleza em finais:

Taça Brasil 1960
22 e 28 de dezembro
Fortaleza 1×3 Palmeiras
Palmeiras 8×2 Fortaleza

Taça Brasil 1968
3 de setembro e 4 de outubro 1969
Fortaleza 2×2 Botafogo
Botafogo 4×0 Fortaleza

Série B 2002
30 de novembro e 7 de dezembro
Fortaleza 2×0 Criciúma
Criciúma 4×1 Fortaleza

Série C 2017
14 e 21 de outubro
Fortaleza x CSA
CSA x Fortaleza

* Entre os clubes cearenses apenas o Guarany de Sobral já conquistou um título nacional, o Campeonato Brasileiro da Série D de 2010 sobre o América de Manaus.

** Em 2004 o Fortaleza subiu da Série B para a elite do futebol nacional terminando em segundo lugar do quadrangular final da competição disputado com Avaí, Bahia e Brasiliense. Naquele ano não foi disputado final.

 

 

leia tudo sobre

Publicidade

O mata-mata chegou. E o Marquinhos saiu. E agora, Fortaleza?

Por guilhermecustodio em Fortaleza Esporte Clube

20 de setembro de 2016

Fortaleza

Fortaleza e Juventude (RS) duelam pelo acesso para a Série B de 2017. Foto: Ascom Fortaleza

Marquinhos Santos não é mais o técnico do Fortaleza.

“O Figueirense me apresentou uma proposta com contrato até dezembro de 2017”, disse o agora ex-treinador do Fortaleza.

Após passagens por Coritiba e Bahia, o “desconhecido” Marquinhos Santos chegou ao Fortaleza no dia 5 de março deste ano. Conquistou o bicampeonato cearense e chegou às oitavas da Copa do Brasil.

Em 36 partidas sob o seu comando, o Fortaleza conquistou 19 vitórias, 9 empates e apenas 8 derrotas. Aproveitamento de 65,5%.

O presidente do Fortaleza Jorge Mota anunciou em uma rede social: “Simples. Vida que segue”.

E a vida seguiu.

O catarinense Hemerson Maria, de 44 anos, Campeão Brasileiro da Série B em 2014 pelo Joinville, é o novo técnico do Fortaleza. Ele também conquistou o campeonato catarinense em 2012 (Avaí) e em 2015 (Joinville).

O meia Éverton estava naquele elenco campeão da segundona pelo Joinville em 2014.

Então, chegou o mata-mata.

Com quase uma década de Série C, o Fortaleza foi eliminado no mata-mata para Oeste (2012), Macaé (2014) e Brasil de Pelotas (2015).

E agora, o Juventude pela frente.

O Juventude concluiu a primeira fase da competição com a mesma pontuação do Fortaleza (30 pontos). Porém, o Verdão de Caxias do Sul terminou a fase inicial da Terceirona na quarta colocação do grupo B, enquanto o Leão do Pici liderou o grupo A.

O “Papo” possui a pior defesa entre os 8 classificados para a segunda fase da Série C. Sofreu 18 gols.

O Verdão tem a melhor campanha fora de casa entre todos os clubes da Série C. Somou 15 dos 27 pontos disputados.

O Juventude tem uma média de 2.515 torcedores por partida. O estádio Alfredo Jaconi possui capacidade para 19 mil pessoas.

Hugo (6 gols) e Roberson (5 gols) são os artilheiros do campeão da Copa do Brasil de 1999 nesta Série C.

Já o Fortaleza

Levou o melhor público da Série C deste ano na partida contra o Clube do Remo no Castelão com 31.710 torcedores presentes.

O atacante camisa 9 Anselmo é o maior artilheiro do Brasil em 2016 com 23 gols marcados.

Jogou bem nas principais partidas de 2016. Contra o Flamengo e o América Mineiro (Copa do Brasil) e contra o Remo no jogo de volta da primeira fase da Série C, por exemplo.

A primeira partida entre Fortaleza e Juventude acontece no dia 3 de outubro no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O capítulo final desta novela ocorre no dia 9 de outubro, no Castelão.

O mata-mata chegou. E agora, Fortaleza?

leia tudo sobre

Publicidade

Experiente volante Rosinei já treina no Pici

Por guilhermecustodio em Fortaleza Esporte Clube

05 de junho de 2016

O jogador é o vigésimo reforço do clube no ano. O atleta atuou em clubes como Corinthians, Atlético (MG), Internacional e Coritiba. Foto: Coritiba/Divulgação

O meia Rosinei é o vigésimo reforço do Fortaleza neste ano. O atleta atuou em clubes como Corinthians, Atlético (MG), Internacional e Coritiba. Foto: Coritiba/Divulgação

O meio-campista Rosinei, de 33 anos, já treina no Pici. Nascido em Lavrinhas, São Paulo, o experiente volante atuou em clubes como Corinthians, Atlético (MG), Internacional e Coritiba. O atleta jogou o Campeonato Carioca deste ano pelo Tigres (RJ).

O meia trabalhou com o atual treinador do Fortaleza Marquinhos Santos no Coritiba em 2014. Rosinei conquistou taças importantes como o Campeonato Brasileiro (Corinthians), Libertadores e Recopa Sul-Americana (Atlético-MG).

Rosinei faz exames e se aprovado assina contrato com o clube até o fim de novembro deste ano.

leia tudo sobre

Publicidade

Meia Jean Mota deixa o Fortaleza e vai para o Santos

Por guilhermecustodio em Fortaleza Esporte Clube

04 de junho de 2016

O meia chegou ao Fortaleza no final de 2015. Foto: Tatiana Fortes/O POVO

O meia chegou ao Fortaleza no final de 2015. Foto: Tatiana Fortes/O POVO

Jean Mota não atua mais pelo Fortaleza. O meia acertou com o Santos. Grêmio e Internacional também teriam demonstrado interesse no atleta.

Um dos destaques do clube nas disputas do Campeonato Cearense 2016, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C, o jogador marcou 6 gols e deu 5 assistências.

O agora ex-clube de Jean Mota, o Fortaleza, enfrenta o América de Natal nesta segunda (06), às 20 horas, na Arena das Dunas, pela terceira rodada da Série C.

leia tudo sobre

Publicidade

Shopping traz exposição sobre a história do Fortaleza Esporte Clube

Por guilhermecustodio em Fortaleza Esporte Clube

27 de Maio de 2016

A exposição segue até o dia 5 de junho. A entrada é gratuita. Foto: Guilherme Custódio

A exposição segue até o dia 5 de junho. A entrada é gratuita. Foto: Guilherme Custódio

Desde ontem (26) o Shopping Benfica traz a exposição “Fortaleza Campeão – Toda a história de um clube vencedor”. A exposição segue em cartaz até o dia 5 de junho, das 10h às 22h, de segunda-feira a domingo. A entrada é gratuita.

A exposição traz camisas, quadros e troféus do clube. As duas taças conquistadas pelo clube neste ano estão presentes: a do Campeonato Cearense e a da Taça dos Campeões Cearenses.

Atletas, ex-atletas e outros funcionários do clube estarão presentes com sessão de fotos e autógrafos, em horários a serem informados pelas redes sociais do clube.

leia tudo sobre

Publicidade

Shopping traz exposição sobre a história do Fortaleza Esporte Clube

Por guilhermecustodio em Fortaleza Esporte Clube

27 de Maio de 2016

A exposição segue até o dia 5 de junho. A entrada é gratuita. Foto: Guilherme Custódio

A exposição segue até o dia 5 de junho. A entrada é gratuita. Foto: Guilherme Custódio

Desde ontem (26) o Shopping Benfica traz a exposição “Fortaleza Campeão – Toda a história de um clube vencedor”. A exposição segue em cartaz até o dia 5 de junho, das 10h às 22h, de segunda-feira a domingo. A entrada é gratuita.

A exposição traz camisas, quadros e troféus do clube. As duas taças conquistadas pelo clube neste ano estão presentes: a do Campeonato Cearense e a da Taça dos Campeões Cearenses.

Atletas, ex-atletas e outros funcionários do clube estarão presentes com sessão de fotos e autógrafos, em horários a serem informados pelas redes sociais do clube.