Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

Bodyboard

Cearense Isabela Sousa conquista a segunda etapa do Mundial de Bodyboard no Chile

Por guilhermecustodio em Bodyboard

11 de julho de 2016

Isabela Sousa

A bodyboarder da Praia do Icaraí venceu a japonesa Sari Ohhara na grande final. Foto: Pablo Jimenez/APB Tour

Neste final de semana a cearense Isabela Sousa venceu a segunda etapa do Mundial Feminino de Bodyboard em Arica, no Chile.

A cearense garantiu a vaga nas quartas de final ao vencer a chilena Anais Velis e a portuguesa Joana Schenker. Nas quartas, Isabela ganhou da venezuelana Yulener Gonzalez por 18.50 a 17.25.

Na semi, a cearense encarou a portuguesa Tereza Almeida e venceu sem dificuldades pelo placar de 12.50 contra 5.50.

Na final do Arica Chilean Challenge 2016, a bodyboarder cearense venceu a japonesa Sari Ohhara por 16.75 contra 9.75 e se sagrou campeã da segunda etapa do mundial.

leia tudo sobre

Publicidade

Cearense Isabela Sousa conquista a primeira etapa do Mundial de bodyboard no Rio

Por guilhermecustodio em Bodyboard

27 de junho de 2016

A cearense briga pelo seu quarto título mundial de bodyboard. Foto: Lima Jr.

A cearense (de amarelo) briga pelo seu quarto título mundial de bodyboard. Foto: Lima Jr.

Ontem (26) a cearense Isabela Sousa venceu a primeira etapa do Circuito Mundial Feminino de Bodyboard no Rio de Janeiro. A cearense busca o seu quarto título mundial.

Isabela Sousa venceu a japonesa Sari Ohhara na semifinal do Itacoatiara Pro 2016 por 17.25 a 9.25. Já na final, a cearense ganhou da também japonesa Ayaka Suzuki pelo placar de 11.75 contra 10.75. O cearense Diego Gomes venceu a categoria Pro-Junior.

A cearense encara agora a segunda etapa da competição em Arica (Chile) entre os dias 1 e 10 de julho.

leia tudo sobre

Publicidade

Cearense tricampeã mundial de bodyboarder fala sobre dificuldades e prestígios no esporte

Por guilhermecustodio em Bodyboard

08 de Março de 2016

Isabela Sousa é tricampeã mundial de bodyboard. Foto: Lilly Pollard

Isabela Sousa é tricampeã mundial de bodyboard. Foto: Lilly Pollard

Três vezes campeã do circuito mundial de bodyboard, quatro vezes campeã do circuito latino americano e duas vezes campeã brasileira profissional, dentre outros. Ufa! Nascida no Icaraí, em Caucaia, a bodyboarder cearense Isabela Sousa, 26, aceitou o convite e participou de um ping pong para o Blog do Guifil. Ela falou sobre o espaço da mulher no bodyboard, o início de sua carreira e deu dicas para os jovens bodyboarders. Confira!

Blog do Guifil – Qual é o espaço da mulher no bodyboard?

Isabela Sousa – No esporte em geral as mulheres tem um espaço bem inferior aos homens. Os homens tem um prestígio bem maior do que as mulheres. O público olha mais pelo lado masculino e nós ficamos com menos patrocinador e com premiação inferior. As pessoas devem começar a olhar o esporte feminino com outros olhos.

Blog do Guifil – Como foi o início de sua carreira?

Isabela Sousa – No começo tem um preconceito, o bodyboard é um esporte mais masculino. Mais hoje em dia eu tenho um prestígio maior. Eu tive um contato muito grande com o mar desde pequena, desde um ano de idade. O meu irmão surfava e minha cunhada me deu uma prancha de bodyboard de presente. Eu entrei em uma escolinha do Icaraí e a partir disso eu comecei a competir e nasceu esse amor pelo bodyboard.

Blog do Guifil – Quais dicas você dá para os jovens bodyboarders?

Isabela Sousa – O bodyboard é um esporte incrível, você pode viajar, conhecer pessoas novas, lugares novos. Nenhuma universidade no mundo pode te dar uma bagagem cultural e pessoal como o bodyboard me deu. Quem tiver o sonho de crescer e aprender e quiser praticar o bodyboard para viajar e competir é um esporte alucinante. Siga em frente e tenha muita determinação e dedicação que tudo vai dar certo.

leia tudo sobre

Publicidade

Cearense tricampeã mundial de bodyboarder fala sobre dificuldades e prestígios no esporte

Por guilhermecustodio em Bodyboard

08 de Março de 2016

Isabela Sousa é tricampeã mundial de bodyboard. Foto: Lilly Pollard

Isabela Sousa é tricampeã mundial de bodyboard. Foto: Lilly Pollard

Três vezes campeã do circuito mundial de bodyboard, quatro vezes campeã do circuito latino americano e duas vezes campeã brasileira profissional, dentre outros. Ufa! Nascida no Icaraí, em Caucaia, a bodyboarder cearense Isabela Sousa, 26, aceitou o convite e participou de um ping pong para o Blog do Guifil. Ela falou sobre o espaço da mulher no bodyboard, o início de sua carreira e deu dicas para os jovens bodyboarders. Confira!

Blog do Guifil – Qual é o espaço da mulher no bodyboard?

Isabela Sousa – No esporte em geral as mulheres tem um espaço bem inferior aos homens. Os homens tem um prestígio bem maior do que as mulheres. O público olha mais pelo lado masculino e nós ficamos com menos patrocinador e com premiação inferior. As pessoas devem começar a olhar o esporte feminino com outros olhos.

Blog do Guifil – Como foi o início de sua carreira?

Isabela Sousa – No começo tem um preconceito, o bodyboard é um esporte mais masculino. Mais hoje em dia eu tenho um prestígio maior. Eu tive um contato muito grande com o mar desde pequena, desde um ano de idade. O meu irmão surfava e minha cunhada me deu uma prancha de bodyboard de presente. Eu entrei em uma escolinha do Icaraí e a partir disso eu comecei a competir e nasceu esse amor pelo bodyboard.

Blog do Guifil – Quais dicas você dá para os jovens bodyboarders?

Isabela Sousa – O bodyboard é um esporte incrível, você pode viajar, conhecer pessoas novas, lugares novos. Nenhuma universidade no mundo pode te dar uma bagagem cultural e pessoal como o bodyboard me deu. Quem tiver o sonho de crescer e aprender e quiser praticar o bodyboard para viajar e competir é um esporte alucinante. Siga em frente e tenha muita determinação e dedicação que tudo vai dar certo.