Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

novembro 2015

Amadinha marca duas vezes e ajuda Brasil a ganhar o hexa mundial no futsal

Por guilhermecustodio em Futsal

30 de novembro de 2015

Brasil venceu todas as edições do Mundial. Foto: CBFS/Divulgação

Brasil venceu todas as edições do Mundial. Foto: CBFS/Divulgação

O futsal feminino brasileiro segue no topo do mundo. Na noite deste domingo (29), a Seleção Brasileira venceu a Rússia por 3 a 0 e se sagrou hexacampeã mundial da modalidade, na Guatemala. O título veio de forma invicta.

Mais uma vez, um dos destaques da equipe brasileira foi a cearense Amandinha (atual melhor jogadora d0 mundo) que marcou os dois primeiros gols do triunfo brasileiro frente a seleção russa. Ainda no primeiro tempo, a jogadora Nega fez mais um gol e decretou o sexto troféu, mantendo a hegemonia verde e amarela no futsal.

A campanha do Brasil foi de quatro vitórias e um empate (Brasil 9 x 0 Costa Rica, Brasil 6 x Irã, Brasil 1 x 1 Portugal, Brasil 4 x 0 Espanha, Brasil 3 x 0 Rússia.

Representantes cearenses na Seleção
O técnico da Seleção Brasileira de Futsal é Wilson Saboia, que também comanda o time feminino de futsal da Universidade de Fortaleza (Unifor). Um das goleiras é Missiara Papst, goleira da Unifor. Outra integrante cearense na delegação é a preparadora física Rosilene Marques.

Saiba mais
Com Amandinha & cia, Brasil vai em busca do sexto título mundial

 

Wilson Saboia é o técnico brasileiro. Foto: CBFS/Divulgação
Amandinha é a atual melhor jogadora do mundo. Foto: CBFS/Divulgação
2/3

Amandinha é a atual melhor jogadora do mundo. Foto: CBFS/Divulgação

Amandinha. Foto: CBFS/Divulgação

A catarinense Missi Paspt também é destaque na Seleção Brasileira. Ela conquistou o seu quarto título mundial. Foto: CBFS/Divulgação
Publicidade

Guarany de Sobral conquista inédito título da Taça Fares Lopes

Por guilhermecustodio em Futebol Cearense

29 de novembro de 2015

Até hoje, só times do interior venceram a Taça Fares Lopes. Foto: Kérlya Chaves/FCF

Até hoje, só times do interior venceram a Taça Fares Lopes. Foto: Kérlya Chaves/FCF

O Guarany de Sobral entrou para a galeria de vencedores da Taça Fares Lopes. O Cacique do Vale derrotou o Guarani de Juazeiro por 2 a 1 na tarde deste domingo (29), no Estádio do Junco. Os gols do time sobralense foram marcados pelo atacante Thiago Furlan e pelo volante Dudu Itapajé.

Com o triunfo, o Guarasol garantiu vaga na Copa do Brasil de 2016. Será a primeira vez em 77 anos de existência que o time da Região Norte do estado vai participar dessa competição nacional.

A taça da Fares Lopes foi o primeiro título conquistado pelo técnico Junior Cearense, que assumiu a equipe há praticamente um ano.

Campeões
Horizonte (2010, 2011), Guarani de Juazeiro (2012), Barbalha (2013), Icasa (2014).

Saiba mais
Times do interior dominam a fase semifinal da Taça Fares Lopes

Publicidade

Éverson faz defesa do campeonato e Ceará consegue o que parecia impossível

Por guilhermecustodio em Opinião

28 de novembro de 2015

Atacante Rafael Costa foi o autor do gol que garantiu o Ceará na Série B. Foto:  Christian Alekson / cearasc.com)

Atacante Rafael Costa foi o autor do gol que garantiu o Ceará na Série B. Foto: Christian Alekson / cearasc.com)

Alívio, emoção, choro, agradecimento. Esses foram alguns dos sentimentos que os torcedores do Ceará viveram na tarde deste sábado (28) no Estádio Arena Castelão. A vitória por 1 a 0 diante do Macaé-RJ foi comemorada como um título pela torcida alvinegra. A permanência do Vovô na Série B passa muito pela mãos do técnico Lisca, que assumiu o time no final de setembro e deu outra cara, ao então, desacreditado Ceará. 

O torcedor alvinegro sofreu até o último minuto. O goleiro Éverson, que até pouco tempo não fazia parte do elenco alvinegro, entrou para a história do clube ao fazer uma defesa salvadora, aos 47 minutos do segundo tempo. Sem dúvida, foi defesa do campeonato. Outro personagem emblemático da reação do Vovô na Série B é o técnico Lisca. Ao término da partida, o gaúcho não conteve a emoção e foi comemorar nos braços da galera. Tamanha alegria é justificada. Até a chegada do treinador, o clube era dado como apontado como rebaixado. Em dois meses, o que para muitos parecia impossível se tornou realidade e o Ceará conseguiu o que tanto almejava nessa reta final de Segundona.

Agora, a diretoria precisa sentar e rever tudo o que foi feito de errado no decorrer do ano, e assim, evitar mais um ano de sofrimento na Série B.

Saiba mais
Ceará vence Macaé, sai da zona de rebaixamento e permanece na Série B

 

Publicidade

Conheça o pivô cearense que é o maior artilheiro da história do Barcelona

Por guilhermecustodio em Futsal

28 de novembro de 2015

Wilde joga pelo Barcelona desde o ano de 2010. Foto:Instragram/Reprodução

Wilde joga pelo Barcelona desde o ano de 2010. Foto:Instragram/Reprodução

O pivô cearense Wilde Gomes da Silva, 34 anos, é o maior artilheiro da história do Barcelona-ESP. O atleta natural da cidade de Orós já marcou mais de 200 gols com a camisa azul-grená em jogos oficiais. Wilde joga pela equipe espanhola desde o ano de 2010.

O camisa 13 destaca que o Barça é um clube referência no esporte. “Nenhum clube do mundo investe tanto como o Barça em tantas modalidades”, destacou o brasileiro.

O jogador iniciou a carreira no futsal no time do General Motors-SP, depois passou pelo Santos-SP, Banespa-SP, Ulbra-RS, MRA Navarra-ESP, ElPozo Murcia até chegar na equipe catalã.

Seleção Brasileira
Wilde tem dois títulos mundiais com a Seleção Brasileira de Futsal. O primeiro foi conquistado em 2008, no Brasil, o segundo veio em 2012, na Tailândia. Por falar em Seleção, o cearense lista quem são os atletas que são referências para ele. “Tem alguns nomes que eu considero mitos, como por exemplo Lenísio, Schumacher, Vinícius e Falcão. São jogadores que vai ser difícil de encontrar outros parecidos. Também tem o Ciço, o Carlinhos e os meus companheiros de clube Ari e Gabriel”, completou.

Saiba mais
Cearenses buscarão hexacampeonato de futsal feminino na Guatemala

 

Publicidade

Cearense faz gol e ajuda time alemão a vencer na Liga dos Campeões da Europa

Por guilhermecustodio em Sem categoria

26 de novembro de 2015

Raffael Caetano (uniforme preto)

Mesmo com a vitória, o time de Raffael Caetano não tem mais chance de classificação para a segunda fase da Champions. Foto:/Divulgação

Teve gol cearense na quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa 2015/2016. O meia-atacante Raffael Caetano, 30 anos, fez o terceiro gol do Borussia Mönchengladbach-ALE na vitória de 4 x 2 sobre o Sevilha -ESP, na Alemanha. Foi a primeira vitória dos alemães na competição. (Veja os melhores momentos)

O time de Raffael Caetano não tem mais chance de passar para a fase de oitavas de final do torneio. As duas vagas do grupo D já são da Juventus de Turim-ITA e do Manchester City-ING. No próximo dia 8 de dezembro o Mönchengladbach enfrenta o time inglês fora de casa.

Liga Europa
O Borussia Mönchengladbach luta para ficar entre os melhores terceiros colocados e assim garantir vaga na segunda fase da Liga Europa, a segunda maior competição do continente.

Saiba mais
Veja o primeiro cearense que disputou a Liga dos Campeões da Europa
Cearenses buscarão hexacampeonato de futsal feminino na Guatemala

 

 

Publicidade

Projeto social faz a diferença em comunidade carente de Fortaleza

Por guilhermecustodio em Social Esporte Clube

24 de novembro de 2015

DSC07383

Washington dos Santos desenvolve o projeto há 19 anos. Foto: Guilherme Custódio

Uma comunidade centenária, essa é o Poço da Draga, que fica localizada entre o Centro e a Praia de Iracema, em Fortaleza. O local existe há 109 anos, mas também enfrenta problemas sociais contemporâneos da nossa capital. O esporte é o meio que vem mudando a vida de dezenas de crianças nesta área.

“Minha missão nesta vida é essa”. É assim que Washington dos Santos, 45 anos, cabeleireiro nas horas vagas, e treinador de uma escolinha de futsal na quadra da comunidade define a sua vida.

A escolinha, aberta aos interessados, possui as categorias sub-9 masculino e feminino, sub-12 masculino e o sub-20 masculino. Os treinos são das 17 horas às 21 horas e 30 minutos, de segunda a sexta.

Desde 1996 com o projeto, Santos diz que o seu trabalho é formar cidadãos.  “O meu objetivo é a formação de cidadãos e a ocupação dos jovens. Quero botar uma ideia boa na cabeça de quem participa do projeto”, destacou.

O treinador solicita o apoio de empresários e das autoridades  ao projeto. “Estou quase sendo forçado a parar, por que as crianças também querem jogar, e não apenas treinar. Falta material de jogo, como coletes, uniformes e bolas”.

Mesmo com as dificuldades, o projeto é visto com bons olhos pelos moradores da comunidade do Poço da Draga. “Ele (o projeto) tira as crianças do meio da rua, elas não ficam fazendo o que não presta. Dá um suporte melhor na formação deles”, acredita Kilson Gomes, 42 anos, motoboy.

*Escrito pelo jornalista Guilherme Custódio

Aulas são realizadas de segunda a sexta. Foto: Guilherme Custódio
1/2

Aulas são realizadas de segunda a sexta. Foto: Guilherme Custódio

Aulas são realizadas de segunda a sexta. Foto: Guilherme Custódio

“Meu sonho é ser um jogador como um Cristiano Ronaldo, um Messi. Mas meu estilo é igual ao do Neymar”.  Wesley Santos, 8 anos, aluno do projeto.Foto: Guilherme Custódio
2/2

“Meu sonho é ser um jogador como um Cristiano Ronaldo, um Messi. Mas meu estilo é igual ao do Neymar”. Wesley Santos, 8 anos, aluno do projeto.Foto: Guilherme Custódio

“Meu sonho é ser um jogador como um Cristiano Ronaldo, um Messi. Mas meu estilo é igual ao do Neymar”. Wesley Santos, 8 anos, aluno do projeto. Foto: Guilherme Custódio

 

Saiba mais
Ex-jogador utiliza o esporte como forma de inclusão social no interior do Ceará
Jogo beneficente reúne artistas e ídolos do futebol cearense no estádio da Unifor

 

Publicidade

Times do interior dominam a fase semifinal da Taça Fares Lopes

Por guilhermecustodio em Futebol Cearense

20 de novembro de 2015

12249952_865165996933130_2204066348684081817_n

Campeão da Fares Lopes garante vaga na Copa do Brasil. Foto:/Divulgação

A hegemonia dos times do interior está mantida na Taça Fares Lopes. Todos os semifinalistas da competição em 2015 são oriundos de quatro regiões diferentes do estado. Os confrontos serão entre Guarany de Sobral x Alto Santo e Guarani de Juazeiro x Iguatu.

Para chegar na semifinal o Guarasol eliminou o time sub-20 do Fortaleza. O Guaraju passou pelo Ferroviário. O Iguatu despachou o sub-20 do Ceará e o Alto Santo superou o Tiradentes. As partidas já serão realizadas na próxima semana (veja).

Nas outras seis edições do torneio o título longe da capital; Horizonte (2010,2011), Guarani de Juazeiro (2012), Barbalha (2013) e Icasa (2014). O título da Fares Lopes vale muito para os times do interior, é a chance de participar da Copa do Brasil.

Saiba mais
Caucaia inicia busca pelo título brasileiro no Estádio Coliseu de Alto Santo

 

Publicidade

Técnico Marcelo Veiga comemora bicampeonato brasileiro com o Botafogo-SP

Por guilhermecustodio em Futebol

17 de novembro de 2015

Marcelo Veiga foi campeão cearense como jogador do Ferroviário. Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo

Marcelo Veiga foi campeão cearense como jogador do Ferroviário. Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo

O atual campeão brasileiro da Série D é o Botafogo de Ribeirão Preto-SP. O time paulista empatou em 0 a 0 com o Ríver-PI no último sábado (15) e conquistou o primeiro título nacional de sua história. Na primeira partida o “Bota” venceu por 3 a 2.

O clube tem no comando técnico Marcelo Veiga, 51 anos, bastante conhecido do futebol cearense. Veiga atuou pelo Ferroviário entre 1988 e 1989, sendo campeão estadual no primeiro ano.

Em 1997, o ex-lateral esquerdo jogou pelo Fortaleza. O paulistano ainda retornou ao nosso estado para treinar o Tubarão da em 2004. O título conquistado diante do time piauiense é o segundo nacional na carreira do treinador. Em 2007, Veiga levou o Bragantino ao título da Série C.

Marcelo Veiga durante sua 1ª entrevista como jogador do Ferroviário


Saiba mais
Novo técnico do Fortaleza pode ser anunciado esta semana

Publicidade

Com Amandinha & cia, Brasil vai em busca do sexto título mundial

Por guilhermecustodio em Futsal

12 de novembro de 2015

img_1898

Amandinha joga no Barateiro Futsal, de Santa Catarina. Foto: CBFS/Divulgação

Saiu nesta quarta-feira (11) a lista das atletas que defenderão o Brasil no Mundial de Futsal Feminino 2015, que será realizado entre os dias 23 e 29 desse mês, na Guatemala.

A cearense Amandinha, atual melhor jogadora de futsal do mundo foi convocada mais uma vez. Outra representante do futsal cearense é a goleira catarinense Missiara Paspt, que atua time da Unifor. O técnico da Seleção Brasileira, Wilson Sabóia, também treina o time a equipe cearense. O grupo A é formado pelo Brasil, Portugal, Irã e Costa Rica.

A estreia brasileira será contra as costarriquenhas, depois enfrenta as iranianas e fecha a primeira fase contra a equipe portuguesa. A Seleção verde e amarela vai em busca de manter a hegemonia na competição, já que venceu todas as cinco edições que foram disputadas.

Confira a lista

Goleiras – Giga (Female/Chapecó-SC), Bianca (Cianorte-PR), Missi Papst (Unifor-CE);

Fixas – Tatiane (Female/Chapecó-SC), Diana Santos (Barateiro/Brusque-SC), Valéria Schmidt (Female/Chapecó-SC)

Alas – Tampa (Female/Chapecó-SC), Vanessa Pereira (Sinnai-ITA), Jessika Manieri (Barateiro/Brusque-SC), Amanda Lyssa (Barateiro/Brusque-SC), Luísa Mayara
(Barateiro/Brusque-SC)

Pivôs – Luciléia (Lazio-ITA), Caroline da Silva (Barateiro/ Brusque-SC) e Juliana Delgado (Atlético de Madri-ESP)

Saiba mais
Amandinha recebe homenagem na AL pelo título de melhor do mundo

Publicidade

Espaço craques do passado: relembre a trajetória do ex-jogador Babá

Por guilhermecustodio em Sem categoria

11 de novembro de 2015

Babá é o quarto da esquerda para a direita, agachado. Foto: Guilherme Custódio/Arquivo Pessoal

Babá é o quarto da esquerda para a direita, agachado. Foto: Guilherme Custódio/Arquivo Pessoal

O Blog do Conrado abre espaço para contar histórias de jogadores cearenses que fizeram história no nosso futebol. A primeira matéria do espaço “Craques do Passado” traz a história do ex-jogador Babá, que marcou seu nome na história dos três principais clubes do futebol local. 

Em “Forte e vigoroso, jogou com destaque no Fortaleza, Ferroviário e Ceará. Integrou o selecionado cearense sete vezes”. É assim que o saudoso historiador do futebol cearense, Alfredo Sampaio (1926-2005), definia Sebastião Medeiros de Brito, ou simplesmente Babá.

Nascido na capital cearense, no dia 05 de novembro de 1916, ele faleceu aos 82 anos, na mesma cidade. Babá era lateral e encerrou a carreira após problemas no menisco do joelho esquerdo. Como treinador, foi campeão cearense pelo proletário Ferroviário Atlético Clube, em 1950.

Jogador e marceneiro
Na época, alguns anos após a profissionalização do esporte no Ceará, fato ocorrido em 1939, era comum os jogadores de futebol exercerem também outra profissão. No Ferrão, grande parte dos jogadores eram funcionários da antiga Rede de Viação Cearense (RVC), onde Babá trabalhava na marcenaria. Outros exemplos de equipes de origem proletária do futebol brasileiro são o Bangu-RJ e o Criciúma-SC.
Sobre a sua troca de clube, entre os rivais Fortaleza e Ceará, jornais do período relatam que “do Fortaleza, Babá se transferiu para o Ceará e não foi menor, talvez até maior a sua projeção vestindo a camiseta alvinegra, formando com outros talentosos jogadores uma intermediária célebre dos nossos gramados”. Por jornais que falam sobre o jogador, era descrito como “Babá era duro, sem ser desleal. Dono de um físico avantajado tinha, porém, muita velocidade, a que aliava um senso perfeito de colocação em campo”.
Para o escritor e pesquisador Airton Fontenele, “no seu tempo, meia-cancha de respeito tinha de ter Babá”. Para o jornalista Tom Barros, Babá “deixou o seu nome no futebol cearense”. Enfim, como diria o trecho do recorte de um jornal, guardado em uma velha caixa por sua filha caçula, Maria Júlia, ele foi “um craque do passado, que soube honrar o nome do futebol cearense”.* Escrito pelo jornalista Guilherme Custódio, neto do ex-jogador Babá.

Saiba mais
Pelé completa 75 anos: relembre o dia que o Rei brilhou no Castelão

Publicidade

Espaço craques do passado: relembre a trajetória do ex-jogador Babá

Por guilhermecustodio em Sem categoria

11 de novembro de 2015

Babá é o quarto da esquerda para a direita, agachado. Foto: Guilherme Custódio/Arquivo Pessoal

Babá é o quarto da esquerda para a direita, agachado. Foto: Guilherme Custódio/Arquivo Pessoal

O Blog do Conrado abre espaço para contar histórias de jogadores cearenses que fizeram história no nosso futebol. A primeira matéria do espaço “Craques do Passado” traz a história do ex-jogador Babá, que marcou seu nome na história dos três principais clubes do futebol local. 

Em “Forte e vigoroso, jogou com destaque no Fortaleza, Ferroviário e Ceará. Integrou o selecionado cearense sete vezes”. É assim que o saudoso historiador do futebol cearense, Alfredo Sampaio (1926-2005), definia Sebastião Medeiros de Brito, ou simplesmente Babá.

Nascido na capital cearense, no dia 05 de novembro de 1916, ele faleceu aos 82 anos, na mesma cidade. Babá era lateral e encerrou a carreira após problemas no menisco do joelho esquerdo. Como treinador, foi campeão cearense pelo proletário Ferroviário Atlético Clube, em 1950.

Jogador e marceneiro
Na época, alguns anos após a profissionalização do esporte no Ceará, fato ocorrido em 1939, era comum os jogadores de futebol exercerem também outra profissão. No Ferrão, grande parte dos jogadores eram funcionários da antiga Rede de Viação Cearense (RVC), onde Babá trabalhava na marcenaria. Outros exemplos de equipes de origem proletária do futebol brasileiro são o Bangu-RJ e o Criciúma-SC.
Sobre a sua troca de clube, entre os rivais Fortaleza e Ceará, jornais do período relatam que “do Fortaleza, Babá se transferiu para o Ceará e não foi menor, talvez até maior a sua projeção vestindo a camiseta alvinegra, formando com outros talentosos jogadores uma intermediária célebre dos nossos gramados”. Por jornais que falam sobre o jogador, era descrito como “Babá era duro, sem ser desleal. Dono de um físico avantajado tinha, porém, muita velocidade, a que aliava um senso perfeito de colocação em campo”.
Para o escritor e pesquisador Airton Fontenele, “no seu tempo, meia-cancha de respeito tinha de ter Babá”. Para o jornalista Tom Barros, Babá “deixou o seu nome no futebol cearense”. Enfim, como diria o trecho do recorte de um jornal, guardado em uma velha caixa por sua filha caçula, Maria Júlia, ele foi “um craque do passado, que soube honrar o nome do futebol cearense”.* Escrito pelo jornalista Guilherme Custódio, neto do ex-jogador Babá.

Saiba mais
Pelé completa 75 anos: relembre o dia que o Rei brilhou no Castelão