Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

outubro 2015

Irmãos cearenses se enfrentam nesse fim de semana pelo Campeonato Alemão

Por guilhermecustodio em Sem categoria

30 de outubro de 2015

Irmãos cearenses já se enfrentaram em outras oportunidades na Bundesliga. Foto:herthabsc/ Borussia.es

Irmãos cearenses se enfrentaram pela primeira vez profissionalmente no ano de 2013. Foto:herthabsc/ Borussia.es

Dois representantes do futebol cearense nascidos em Fortaleza vão se enfrentar mais uma vez em um dos principais campeonatos do mundo. O meio-campo Ronny Araújo, 29 anos (à esquerda), que atua pelo Hertha Berlim e o meia Raffael Araújo, 30 anos, (à direita), que joga pelo Borussia Mönchengladbach, duelam neste sábado (31) pela 11ª rodada do Campeonato Alemão.A partida está marcada para às 12h30 (horário de Brasília).

Os irmãos são filhos do ex-jogador Caetano, que defendeu o Fortaleza e o Ceará. Os dois já atuaram juntos pelo time da capital alemã, entre os anos de 2010 e 2012. Os times dos respectivos atletas encontram-se bem próximos na tabela da  Bundesliga. O Hertha ocupa a 5ª colocação com 17 pontos, enquanto o Mönchengladbach é o 7º colocado com 15 pontos.

Liga dos Campeões
Raffael Araújo também disputa a Liga dos Campeões da Europa temporada 2015/2016. Seu clube está na última posição no grupo D, que conta com Juventus de Turim (1º), Manchester City (2º) e Sevilla (3º).

Saiba mais
Conheça o cearense Ronny, o “homem-bomba” do Hertha Berlim
Meia-atacante que marcou dois no Bayern é cearense e já cogitou naturalização alemã

 

Publicidade

Jogo beneficente reúne artistas e ídolos do futebol cearense no estádio da Unifor

Por guilhermecustodio em Social Esporte Clube

27 de outubro de 2015

Social Esporte Clube

Evento contará com programação cultural para as crianças. Foto/Divulgação

O Site Social Esporte Clube realiza no próximo sábado (31), 0 1º jogo beneficente do projeto, no estádio da Universidade de Fortaleza (Unifor). Para participar do evento, o público deve doar uma lata ou um saco de leite em pó. Os donativos serão entregues ao Iprede e para uma comunidade do Dendê, no Bairro Edson Queiroz.

O “racha social” vai contar com a participação dos ex-jogadores Iarley, Bechara, Sérgio Alves, Manoel Tobias, Daniel Sobralense, (jogador do Fortaleza, Fábio Pizzato, apresentador do Globo Esporte, os músicos Fran & Diego, Guto Ribeiro, Pedro e Kauan, diretor do filme “Cine Holliúdy”, Halder Gomes, o humorista Luiz Antônio (que interpreta o personagem Aurineide Camurupim, e outros nomes conhecidos do público cearense.

A iniciativa conta também com uma programação cultural destinada as crianças, em comemoração ao mês delas. Antes da partida, às 15h, a Big Band e a Orquestra Sanfônica da Unifor se apresentam no local. Os espetáculos acontecerão ainda no intervalo do jogo, previsto para começar às 17h, e após o término da partida. A comemoração conta com o apoio das empresas NET, Indaiá, Blinclass, Assembleia Legislativa, Capuchino Press, Blitz Intervenções e Agência Maestros.

Saiba mais
Ex-jogador utiliza o esporte como forma de inclusão social no interior do Ceará

Publicidade

Vasco da Gama realiza busca por talentos na cidade de Quixeramobim

Por guilhermecustodio em Futebol Cearense

26 de outubro de 2015

Podem participar da seleção jovens nascidos entre os anos de 1996 e 2006. Foto: Vascodagama/Divulgação

Podem participar da seleção jovens nascidos entre os anos de 1996 e 2006. Foto: Vascodagama/Divulgação

O Vasco da Gama realiza entre os dias 31 de outubro e 1º de novembro na cidade de Quixeramobim, na Região do Sertão Central, uma seleção para escolher novos jogadores para integrar as categorias de base do clube carioca. Os testes serão realizados no Estádio Álvaro de Araújo Carneiro (Carneirão), a partir das 8h, localizado na Avenida Dr. Joaquim Fernandes, 662, no Bairro Centro.

Podem participar da seleção jovens nascidos entre os anos de 1996 e 2006. Os participantes devem levar atestado médico simples, documento de identificação oficial com foto. Também é necessário que os candidatos levem o próprio material (chuteira e meião). Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (88) 99785-8764 /99700-0533.

Cearenses no Vasco
O time carioca registras algumas boas passagens de jogadores cearenses no trajetória do clube. Entre os anos de 1992 a 1994, o ex-atacante Mário Jardel foi tricampeão carioca pelo cruz-maltino. O zagueiro Anderson Martins, 28 anos, que joga atualmente no Al-Gharafa, do Catar, foi campeão da Copa do Brasil de 2011 pelo time de São Januário.

Saiba mais
Atacante cearense desconhecido faz testes no Vasco

 
Publicidade

Pelé completa 75 anos: relembre o dia que o Rei brilhou no Castelão

Por guilhermecustodio em Futebol Cearense

23 de outubro de 2015

11130261_990814837604302_1107991247021562220_n

Pelé fez o jogo 1.000 com a camisa do Santos no Estádio Presidente Vargas. Foto: Acervo Pelé/Divulgação

O Rei Pelé completa nesta sexta-feira (23) 75 anos de idade. Por isso, o Blog do Conrado relembra algumas partidas em que Edson Arantes do Nascimento jogou em solo cearense.

No dia 23 de janeiro 1973, o Fortaleza duelou contra o Santos, no Estádio Castelão, em partida válida pela 4ª rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro. O alvinegro praiano se impôs, e goleou o Tricolor de Aço por 5 a 1; Pelé marcou duas vezes, ajudando o Peixe a vencer o jogo.

Já no dia 3 de dezembro de 1973, o Estádio Presidente Vargas foi palco do jogo 1.000 de Pelé com a camisa do Santos Futebol Clube. Nesta ocasião, o camisa 10 da Vila tinha 32 anos de idade e já era considerado pela imprensa esportiva como o maior jogador de futebol de todos os tempos.

O Alvinegro de Porangabussu mostrou força, e venceu o time paulista pelo placar de 2 a 1, de virada, anotando a primeira vitória de um clube cearense contra o famoso “Santos de Pelé. A vitória histórica contra a equipe santista teve um dos maiores públicos da história do Estádio Presidente Vargas, foram impressionantes 35.752 pagantes (2.321 não-pagantes. (Este trecho teve como base informações do site Verminosos por Futebol). 

Confira a escalação dos dois jogos

Pelé jogou apenas uma vez no Estádio Castelão.

Pelé jogou apenas uma vez no Estádio Castelão.

Ceará foi o primeiro time a vencer o famoso "Santos de Pelé".

Ceará foi o primeiro time a vencer o famoso “Santos de Pelé”.

 

Publicidade

Técnico cearense consegue 5º acesso nacional e leva Ríver-PI para a Série C

Por guilhermecustodio em Série D

19 de outubro de 2015

Flávio Araújo já comandou vários times do futebol cearense. Foto: RiverAC/Divulgação

Flávio Araújo já comandou vários times do futebol cearense. Foto: RiverAC/Divulgação

O técnico cearense, Flávio Araújo, 52 anos, conseguiu mais um acesso em competições nacionais para o seu currículo. O treinador levou o Ríver-PI para a Série C do Campeonato Brasileiro de 2016. O galo carijó eliminou o Lajeadense-RS nas quartas de final da Série D. O triunfo veio na noite desta segunda-feira (19), após o empate em 1 a 1 contra a equipe gaúcha. No jogo de ida o clube piauiense venceu por 3 a 0, no Estádio Albertão.

5º acesso
Os outros acessos em Brasileiros foram com o Icasa (2009), da C para B, América-RN (2011), da C para a B, e Sampaio Corrêa (2012), da D para a C e em 2013, da C para a B.

Título nacional
O tricolor do Piauí será o único representante do estado na Série C do futebol nacional em 2016. Agora, o time continuará na briga pelo inédito título da Série D. O próximo adversário do clube nordestino será o Ypiranga-RS. Caso conquiste o título a Série D, Araújo se tornará o segundo técnico cearense a conquistar um título nacional. O primeiro foi Oliveira Canindé, campeão da Série D de 2010 no comando do Guarany de Sobral.

Saiba mais
Na teoria, grupo em que o Fortaleza foi sorteado é o mais difícil da Copa do Nordeste 2016

 

Publicidade

Unifor está com inscrição aberta para curso de extensão em jornalismo esportivo

Por guilhermecustodio em Sem categoria

19 de outubro de 2015

Curso é aberto para estudantes de jornalismo, jornalistas formados e o público geral. Foto:/Divulgação

Curso é aberto para estudantes de jornalismo, jornalistas formados e o público em geral. Foto:/Divulgação

A Universidade de Fortaleza (Unifor) está com inscrições abertas para o Curso de Extensão em Jornalismo Esportivo 2015. Podem participar da capacitação estudantes de jornalismo, jornalistas formados e o público em geral que tem interesse em aprofundar os conhecimentos sobre a temática do curso. As inscrições podem ser feitas pela internet até o próximo dia 25 de outubro, por meio deste endereço eletrônico.

A formação será ministrada entre os dias 3 e 14 de novembro, das 19h às 22h30 (segunda a sexta-feira) e das 8h às 12h15 (sábado). Os facilitadores do curso são os jornalistas Fábio Pizzato e Thiago Conrado. O valor do investimento é de R$284,00, podendo ser pago à vista ou parcelado, em até seis vezes no cartão de crédito. O aluno que tiver, no mínimo, 85% de frequência nas aulas receberá um certificado de participação com a carga horária de 40horas/aula.

Corpo Docente
Thiago  Gomes Conrado
Formado em jornalismo pela Faculdade Cearense (Fac). Experiência profissional: produtor na empresa TV Verdes Mares e Rádio Verdes Mares. Repórter do portal de notícias G1 Ceará. Colaborador no portal de notícias Tribuna do Ceará (atual).
Cursos ministrados: Workshop Jornalismo Esportivo e o Mercado de Trabalho no 9º Encontro de Comunicação da Faculdade Cearense (outubro 2014)
Cursos que participei: Jornalismo Esportivo (FA7), Jornalismo Esportivo de TV (Imedia Brasil), Apresentação de TV (Unifor), Workshop Apresentação de Telejornal (FA7), Jornalismo Investigativo (FA7), Telejornalismo (FaC), Transmissões Esportivas (FA7), Realizações em Audiovisual (FaC), Jornalismo Policial e Redação Hard News (FaC).

Fabio Pizzato
Apresentador e editor-executivo do Globo Esporte no Ceará. É jornalista profissional diplomado em 2000, pala FIAM, em São Paulo. Teve passagens pela Globo SP e RJ, TVRecord, TV Bandeirantes, Rádio Verdes Mares, TV Jangadeiro e Jornal Diário Popular (SP). Tem um Blog, site e adora a convergência de mídias.

Publicidade

Mais uma vez o Fortaleza deixa escapar a classificação das próprias mãos

Por guilhermecustodio em Opinião

18 de outubro de 2015

Fortaleza vai disputar a Série C pelo sétimo ano seguido. Foto: Carlos Insaurriaga/ gebrasil/

Fortaleza vai disputar a Série C pelo sétimo ano seguido. Foto: Carlos Insaurriaga/ gebrasil/

Parece filme repetido, mas não é. Mais uma vez o Fortaleza teve tudo para finalmente conseguir o acesso para a Série B. Como aconteceu no último ano, o Tricolor de Aço deixou a classificação escapar das suas próprias mãos.

Neste sábado (17) a torcida leonina fez a sua parte, encheu o Estádio Arena Castelão para torcer pelo tão sonhado acesso. O time cearense mais uma vez esbarrou em uma deficiência que atrapalha e muito os objetivos do time: a incompetência de transformar em gols as várias chances criadas no decorrer das partidas.

Essa dificuldade de colocar a bola na rede mais uma vez foi crucial para o Fortaleza não ter o êxito almejado na Série C. Diante do time gaúcho, o Leão do Pici criou várias chances claras de gols, foram duas bolas no travessão (uma de Lúcio Maranhão, no primeiro tempo) e outra do atacante Maranhão (já no segundo tempo), sem contar as inúmeras bolas que passaram na frente do gol do time gaúcho pedindo para algum jogador tricolor fazer o arremate final.

É preciso também destacar a excelente atuação do experiente goleiro Eduardo Martini, que fez importantes defesas para o Brasil de Pelotas. Os gaúchos tinham uma proposta clara de jogo: se defender e jogar no contra-ataque, já que tinham a vantagem por ter ganho de 1 a 0 o primeiro jogo das quartas de final, realizado no último sábado (10), no Estádio Bento Freitas. Mérito para a equipe xavante, que soube ser competente naquilo que se propôs.

Veja os melhores momentos

97 anos
A torcida do Fortaleza esperava comemorar neste domingo (18) os 97 anos do clube junto com a classificação para a Segunda Divisão. Não foi possível, resta, agora, o clube tentar se reerguer novamente e seguir em frente. Perder mais faz parte do futebol, por mais que seja dolorosa a sensação de ver o acesso escapar mais uma vez, a única coisa que as pessoas que realmente torcem pelo Leão devem fazer é continuar a apoiar a equipe, vida que segue, futebol é isso, hoje você chorar para amanhã você sorrir.

Vândalos no Castelão
Outra vez um número de pessoas disfarçadas de torcedores conseguiu manchar a realização de um jogo de futebol. A ação desses vândalos se repete simplesmente pela certeza da impunidade que reina no nosso país. Não sou a favor desses indivíduos serem nomeados de torcedores. Torcedor é aquele que apoia o time, na alegria ou na tristeza. Mas, infelizmente, um bando de desocupados acabam se escondendo atrás de um clube de futebol, uma forma de conseguirem realizarem atos que normalmente fazem em outros locais da sociedade e que passam impunemente quase sempre.

Saiba mais
Controlar a ansiedade é o 1º passo para o Fortaleza conseguir o acesso
Possível acesso do Fortaleza pode colocar Chamusca em seleta lista do clube: veja

 

Publicidade

Ceará perde para o Criciúma e se complica ainda mais na luta contra o rebaixamento

Por guilhermecustodio em Série B

17 de outubro de 2015

Com a derrota, Ceará caiu para a 18ª posição. Foto: Fernando Ribeiro/CriciúmaEC/Divulgação

Com a derrota, Ceará caiu para a 18ª posição. Foto: Fernando Ribeiro/CriciúmaEC/Divulgação

O Ceará até teve boas chances de sair com o resultado positivo no Estádio Heriberto Hülse, mas acabou sendo derrotado pelo Criciúma-SC com o placar de 3 a 0, na tarde deste sábado (17), em duelo válido pela 3oª rodada da Série B 2015.

Os donos da casa tiveram mais competência para concluir as oportunidades de gols, terminando o primeiro tempo com o placar de 2 a 0. A possível reação do Vovô foi logo por água abaixo logo no início do segundo tempo, após a expulsão do zagueiro Gilvan.

O resultado não podia ser pior para a equipe alvinegra, já que agora restam apenas oito jogos para o time tentar fugir do rebaixamento. A situação delicada na tabela pode ficar ainda pior caso o Macaé-RJ consiga vencer o Paysandu-PA, podendo assim abrir onze pontos para o primeiro time do Z4, posição ocupada pelo ABC, que venceu o América-MG por 4 a 2 e ultrapassou o Vozão na parte debaixo da tabela, que agora ocupa a 18ª colocação com 26 pontos. O confronto contra o tigre catarinense marcou a estreia do técnico Lisca no comando do Alvinegro de Porangabussu.

O próximo compromisso do Ceará também será fora de casa. Na próxima terça-feira (20) a equipe vai enfrentar o Botafogo-RJ, líder da Série B, no Estádio Nilton Santos (Engenhão), às 21h (horário de Brasília).

Saiba mais
Ceará estreia Lisca no comando contra Criciúma fora de casa

FICHA TÉCNICA 

 Criciúma
 Luiz; Maicon Silva, Wanderson, Adalberto (Joílson) e Cristiano; Barreto, Douglas Moreira e Dudu (Wellington); Bruno Lopes (Róger Guedes), Tiago Adan e Hugo.
Técnico: Roberto Cavalo.
Ceará 
 Éverson; Tiago Cametá, Gilvan, Charles e Fernandinho; Baraka, Carlão (Wescley), Ricardinho e Júlio César (Sandro); Rafael Costa e Fabinho (Bernardo).
Técnico: Lisca.
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP).
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP).
Quarto Árbitro: Evandro Tiago Bender  (SC).
Gols: Dudu, 16/1T; Hugo, 41/1T; Bruno Lopes, 8/2T; (Criciúma).
Cartão amarelo: Gilvan, 43/1T e 1/2T; Charles, 38/2T; (Ceará). Dudu, 17/2T; Douglas Moreira, 43/2T; (Criciúma)
Cartão vermelho: Gilvan, 1/2T; (Ceará)
Publicidade

Sesi realiza jogos de classe em três regiões do Ceará a partir desse fim de semana

Por guilhermecustodio em Futsal

17 de outubro de 2015

Cerca de 1.500 trabalhadores devem participar do evento. Foto:/Divulgação

Cerca de 1.500 trabalhadores devem participar do evento. Foto:/Divulgação

Tem início neste sábado (17) mais uma edição dos jogos de classe promovido pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-CE). A competição deve reunir cerca de 1.500 trabalhadores nas modalidades de futsal e futebol de campo.

As partidas de futebol de salão são realizadas nas quadras da unidade do Sesi no Bairro Parangaba, em Fortaleza, a partir das 14h45. Os jogos de futebol de campo serão realizados a partir do próximo dia 20, no Sesi da Barra do Ceará, na capital cearense, às 19h45.

Oito jogos marcam o início da competição nesse sábado (17). As equipes que lutam pelo título da bola pesada no maior torneio de classe do país são as seguintes; Esmaltec (2 equipes), Guararapes, Correios, J. Macedo, Mecesa, 3 Corações, Recamonde, Durametal, Schneider Eletric, Dilady,  Pena, Quimil, TGA,  Mult Óptica, Cholet, Fiori, CBL Alimentos, Cardigan e Sesi.

Na outra parte do evento, dezenove times buscarão o título no futebol de campo, são eles; Esmaltec, Guararapes, BS Tower, M. Dias Branco, Marisol, Norsa, Hidrotintas, Mecesa, Verdes Mares, Schneider Eletric, Muza Venezia, Muza Treviso, Cerbrás, Policlass, Metal Leste, Fiori, Aço Cearense, Ondas, e Nufarm.

Segundo o coordenador dos Jogos do Sesi-CE, Eugênio Monteiro, o evento esportivo envolve empresas da Região Metropolitana de Fortaleza, Sobral e da Região do Cariri e segue até dezembro deste ano, com mais de 1.500 participantes.

A iniciativa tem o objetivo de reunir empresários e industriários, para estimular a prática esportiva e o intercâmbio sociocultural desportivo. A ação também incentiva a adoção de práticas saudáveis, estreitando as relações entre os trabalhadores e empresários.

Saiba mais
Tocha olímpica passará por 12 cidades do Ceará

 

Publicidade

Ciclo de Evandro Leitão chega ao fim: dirigente colocou o Ceará em outro patamar

Por guilhermecustodio em Opinião

15 de outubro de 2015

Evandro Leitão

Evandro Leitão comandou o Ceará durante sete anos: Foto: cearasc.com/Divulgação

Nesta quinta-feira (15) o Ceará Sporting Club conhecerá seu novo presidente. Concorrem ao cargo, Robinson de Castro, vice-presidente da atual gestão comandada pelo presidente Evandro Leitão e Paulo Vasconcelos, candidato da oposição.

A data marca o fim de um período que trouxe grandes melhorias para o Alvinegro de Porangabussu. É fato, a administração de Evandro Leitão elevou e muito o Ceará no cenário do futebol brasileiro. Em 2008, quando o mandatário alvinegro assumiu o cargo, o clube encontrava-se em graves problemas financeiros, estruturais e até mesmo a falta de credibilidade no meio futebolístico.

Nos sete anos em que se passaram o Ceará deu um salto de qualidade, tanto na parte estrutural, como na parte de profissionalização de alguns setores do clube, caso do departamento de fisiologia, que hoje conta com profissionais de excelência. A aquisição do Centro de Treinamento Luís Campos, em Itaitinga, no ano de 2013, foi um passo importante para a entidade investir na formação de atletas.

A sede de Carlos de Alencar Pinto também recebeu melhorias significativas, como a construção de alojamentos para seus atletas, sala de imprensa, entre outras mudanças benéficas. Outro avanço importante foi em relação a quitação das dívidas trabalhistas, que tanto atrapalharam o time cearense a tentar formar melhores equipes para disputar os campeonatos. Com o saneamento financeiro, o Vovô adquiriu algo de suma importância no cenário do futebol: credibilidade. Com isso, os jogadores em que o clube se interessavam passaram a enxergar a equipe com uma visão positiva. A conquista dos títulos estaduais nesse ciclo de sete anos e da Copa do Nordeste, em 2014, foram consequência das mudanças que melhoraram o clube.

Nesses sete anos de mandato, claro, também foram cometidos erros. Como por exemplo: a demissão do técnico Dado Cavalcanti, que assumiu o time no fim de 2014. Após fazer nove jogos no comando alvinegro, vencer cinco, empatar três e perder apenas um, o técnico foi mandado embora com justificativas que não convenceram. Atualmente, o time luta para não ser rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (17) estreia o seu quinto treinador em 2015. Com tudo, é preciso enxergarmos que erros e acertos fazem parte de quem administra um clube de futebol, mas, a meu ver o saldo foi plenamente positivo.

Saiba mais
Dirigentes do Ceará vivem sucesso na política enquanto o time luta contra o rebaixamento
Técnico Lisca relaciona 20 jogadores para o duelos contra Criciúma e Botafogo

 

Publicidade

Ciclo de Evandro Leitão chega ao fim: dirigente colocou o Ceará em outro patamar

Por guilhermecustodio em Opinião

15 de outubro de 2015

Evandro Leitão

Evandro Leitão comandou o Ceará durante sete anos: Foto: cearasc.com/Divulgação

Nesta quinta-feira (15) o Ceará Sporting Club conhecerá seu novo presidente. Concorrem ao cargo, Robinson de Castro, vice-presidente da atual gestão comandada pelo presidente Evandro Leitão e Paulo Vasconcelos, candidato da oposição.

A data marca o fim de um período que trouxe grandes melhorias para o Alvinegro de Porangabussu. É fato, a administração de Evandro Leitão elevou e muito o Ceará no cenário do futebol brasileiro. Em 2008, quando o mandatário alvinegro assumiu o cargo, o clube encontrava-se em graves problemas financeiros, estruturais e até mesmo a falta de credibilidade no meio futebolístico.

Nos sete anos em que se passaram o Ceará deu um salto de qualidade, tanto na parte estrutural, como na parte de profissionalização de alguns setores do clube, caso do departamento de fisiologia, que hoje conta com profissionais de excelência. A aquisição do Centro de Treinamento Luís Campos, em Itaitinga, no ano de 2013, foi um passo importante para a entidade investir na formação de atletas.

A sede de Carlos de Alencar Pinto também recebeu melhorias significativas, como a construção de alojamentos para seus atletas, sala de imprensa, entre outras mudanças benéficas. Outro avanço importante foi em relação a quitação das dívidas trabalhistas, que tanto atrapalharam o time cearense a tentar formar melhores equipes para disputar os campeonatos. Com o saneamento financeiro, o Vovô adquiriu algo de suma importância no cenário do futebol: credibilidade. Com isso, os jogadores em que o clube se interessavam passaram a enxergar a equipe com uma visão positiva. A conquista dos títulos estaduais nesse ciclo de sete anos e da Copa do Nordeste, em 2014, foram consequência das mudanças que melhoraram o clube.

Nesses sete anos de mandato, claro, também foram cometidos erros. Como por exemplo: a demissão do técnico Dado Cavalcanti, que assumiu o time no fim de 2014. Após fazer nove jogos no comando alvinegro, vencer cinco, empatar três e perder apenas um, o técnico foi mandado embora com justificativas que não convenceram. Atualmente, o time luta para não ser rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (17) estreia o seu quinto treinador em 2015. Com tudo, é preciso enxergarmos que erros e acertos fazem parte de quem administra um clube de futebol, mas, a meu ver o saldo foi plenamente positivo.

Saiba mais
Dirigentes do Ceará vivem sucesso na política enquanto o time luta contra o rebaixamento
Técnico Lisca relaciona 20 jogadores para o duelos contra Criciúma e Botafogo