Publicidade

Auto Blog Ceará

por Sílvio Mauro

Volkswagen vai apresentar buggy elétrico no Salão de Genebra

Por silviomauro em Curiosidades

31 de Janeiro de 2019

A Volkswagen anuncia que irá expor, no 89° Salão Internacional de Genebra, entre 7 a 17 de março, o modelo conceito (carro feito para que as montadoras apontem as tendências de seus investimentos) de um buggy totalmente elétrico. De acordo com a montadora, o veículo remete aos antecessores que começaram na California, nos Estados Unidos. Eles eram feitos usando o chassi do Fusca como base. Essa moda, vale ressaltar, fez sucesso no Brasil até a década de 1990. Em Fortaleza, os buggies da Fyber fizeram muito sucesso.

Batizada de MEB, a reinterpretação do buggy é fiel às origens: não tem teto fixo nem portas convencionais, as rodas são calçadas com pneus off-road e as soleiras laterais são abertas. “Um buggy é mais do que um carro. É vibração e energia em quatro rodas. Esses atributos estão encorpados em um novo e-buggy, que demonstra como pode ser a interpretação moderna e não-retrô de um clássico. E, mais do que qualquer outra coisa, a ligação emocional que a mobilidade elétrica pode criar”, afirma Klaus Bischoff, Head Designer da Volkswagen.

Com o modelo, a Volkswagen afirma que a plataforma totalmente elétrica pode ser usada não só para modelos de produção em série de larga escala. “Assim como o chassi do Fusca no passado, a matriz modular para veículos elétricos tem potencial para facilitar o desenvolvimento de séries de nicho em baixo volume”, informa a montadora.

O histórico de veículos recreacionais com tecnologia Volkswagen é de longa data: desde modelos conversíveis e carrocerias especiais produzidas por companhias como Hebmüller e Rometsch até o design totalmente aberto feito para o buggy Meyers Manx, o chassi do Fusca permitiu soluções criativas por décadas. Globalmente, cerca de 250 mil unidades foram construídas como modelo único ou de baixo volume ao longo da década de 1980.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Volkswagen vai apresentar buggy elétrico no Salão de Genebra

Por silviomauro em Curiosidades

31 de Janeiro de 2019

A Volkswagen anuncia que irá expor, no 89° Salão Internacional de Genebra, entre 7 a 17 de março, o modelo conceito (carro feito para que as montadoras apontem as tendências de seus investimentos) de um buggy totalmente elétrico. De acordo com a montadora, o veículo remete aos antecessores que começaram na California, nos Estados Unidos. Eles eram feitos usando o chassi do Fusca como base. Essa moda, vale ressaltar, fez sucesso no Brasil até a década de 1990. Em Fortaleza, os buggies da Fyber fizeram muito sucesso.

Batizada de MEB, a reinterpretação do buggy é fiel às origens: não tem teto fixo nem portas convencionais, as rodas são calçadas com pneus off-road e as soleiras laterais são abertas. “Um buggy é mais do que um carro. É vibração e energia em quatro rodas. Esses atributos estão encorpados em um novo e-buggy, que demonstra como pode ser a interpretação moderna e não-retrô de um clássico. E, mais do que qualquer outra coisa, a ligação emocional que a mobilidade elétrica pode criar”, afirma Klaus Bischoff, Head Designer da Volkswagen.

Com o modelo, a Volkswagen afirma que a plataforma totalmente elétrica pode ser usada não só para modelos de produção em série de larga escala. “Assim como o chassi do Fusca no passado, a matriz modular para veículos elétricos tem potencial para facilitar o desenvolvimento de séries de nicho em baixo volume”, informa a montadora.

O histórico de veículos recreacionais com tecnologia Volkswagen é de longa data: desde modelos conversíveis e carrocerias especiais produzidas por companhias como Hebmüller e Rometsch até o design totalmente aberto feito para o buggy Meyers Manx, o chassi do Fusca permitiu soluções criativas por décadas. Globalmente, cerca de 250 mil unidades foram construídas como modelo único ou de baixo volume ao longo da década de 1980.