Publicidade

Agregando valor

por Rodrigo Goyanna

Novo espaço lúdico e pioneiro para integração de crianças e pais chega a Fortaleza em fevereiro

Por rodrigogoyanna em estrategia, Marketing, Relacionamento interpessoal, Sem categoria

02 de Fevereiro de 2017

Numa iniciativa pioneira na cidade, a psicóloga Naiana Pontes e a terapeuta ocupacional Natalia Burlamaqui, trazem para Fortaleza a Prupê, primeiro espaço dedicado a resgatar a essência natural e espontânea dos encontros e das brincadeiras infantis e a integração entre pais e filhos. A partir de fevereiro, a Prupê passa a funcionar no Bairro Aldeota e promete ser um refúgio para famílias que querem experimentar as trocas de conhecimento e de afeto com atividades diferentes das geralmente executadas no lar, na escola ou em outros ambientes que frequentam comumente. Por meio de uma programação lúdica e mediada por profissionais ligados às áreas da arte, da música, da dança, do teatro, da psicologia, das ciências sociais e da educação, as crianças podem desenvolver, criar e brincar livremente e os pais poderão participar disso tudo e ainda aprimorar o papel da paternidade e da maternidade.

Publicidade aqui

Novo espaço lúdico e pioneiro para integração de crianças e pais chega a Fortaleza em fevereiro

Por rodrigogoyanna em estrategia, Marketing, Relacionamento interpessoal, Sem categoria

02 de Fevereiro de 2017

Numa iniciativa pioneira na cidade, a psicóloga Naiana Pontes e a terapeuta ocupacional Natalia Burlamaqui, trazem para Fortaleza a Prupê, primeiro espaço dedicado a resgatar a essência natural e espontânea dos encontros e das brincadeiras infantis e a integração entre pais e filhos. A partir de fevereiro, a Prupê passa a funcionar no Bairro Aldeota e promete ser um refúgio para famílias que querem experimentar as trocas de conhecimento e de afeto com atividades diferentes das geralmente executadas no lar, na escola ou em outros ambientes que frequentam comumente. Por meio de uma programação lúdica e mediada por profissionais ligados às áreas da arte, da música, da dança, do teatro, da psicologia, das ciências sociais e da educação, as crianças podem desenvolver, criar e brincar livremente e os pais poderão participar disso tudo e ainda aprimorar o papel da paternidade e da maternidade.