Publicidade

A volta da boemia

por Mayara Kiwi

pub

Conheçam o Mahoia Hostel e Café: um lugar aconchegante em meio a Vila Bachá

Por Mayara Kiwi em Diversão e cultura

06 de outubro de 2017

Tudo começou com a ideia de um hostel. Luiz Costa, o proprietário e barista, de apenas 25 anos, morou durante alguns anos na Austrália e foi lá que ele descobriu o fantástico mundo do café. Ao voltar para o Brasil, nasceu uma crescente vontade de dividir sua nova paixão e vivência com a terra natal.

Ele estava procurando um lugar perto da praia, que não fosse muito movimentado e que tivesse uma atmosfera bem especifica. Não estava sendo muito fácil até que, ao passar por uma vila pequeninha em meio ao Meireles e ver uma placa de aluga-se, enxergou naquele espaço, negligenciado e praticamente abandonado, a possibilidade de reavivar a ruazinha e misturar um clima gostoso de conversa na calçada, com uma experiência diferente e aconchegante.

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

 

Quando chegou à casa, que daria berço ao que hoje é o Mahoia, Luiz logo percebeu que podia ir muito além de um hostel. O lugar poderia atender ao público de Fortaleza, não apenas como um espaço para receber pessoas, mas como uma forma de compartilhar histórias. Pensando no que tornaria essa vivência ainda mais rica, ele “matutou” a possibilidade de oferecer alguma coisa aos clientes e foi daí que surgiu a ideia do café e, naturalmente, o conceito brotou por completo.

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

 

Uma coisa é certa: se você gosta de café e de drinks de muito bom gosto, este é o lugar certo. As opções são várias e vão desde as bebidas geladas, quentes, com chantilly, chocolate ou cachaça, até os petiscos deliciosos e super bem executados. Fica à sua escolha, assim como os hambúrgueres (uau!) e acompanhamentos, que vão te fazer ter vontade de dar um abraço no chef da casa. Os pratos vêm muito bem montados e recebem uma atenção, que faz toda a diferença, quando chegam à mesa.

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

 

As possibilidades se estendem para todo os gostos. Juntando o contemporâneo com a baixa gastronomia e o sentimento de aconchego de casa, o Mahoia oferece uma verdadeira experiência gastronômica. O burger Spicy tem a crocância perfeita, combinada com um sabor inusitado, porém delicioso, e alimenta os famintos por pimenta. Já quem não come carne, não fica de fora, pode pedir o Veggie Mahoia, um burger de falafel israelense no pão australiano, molho ranch, queijo coalho, tomate, cebola, e alface. (É permitido salivar!)

Veggie Mahoia (Foto: Luiz Costa)

 

O cardápio também oferece a boa e velha cervejinha gelada e drinks sem álcool, como a refrescante pink lemonade, que conquista todo mundo que se propõe a beber. A dica para quem é um pouco mais ousado e que adora provar coisas novas é a caipirinha de café. (Isso mesmo, você não leu errado!) Ela é uma daquelas surpresas que você vai adorar ter. Pode apostar!

Pink Lemonade (Foto: Bruno Little)

Pink Lemonade (Foto: Bruno Little)

 

Além do atendimento impecável e funcionários muito gentis e atentos, o espaço conta com uma programação musical, composta por djs e bandas locais e o plus é que o espaço é vinil frendly. (hahaha) Ou seja, a maioria dos djs tocam com vinil e tem tudo a ver com a proposta e decoração da casa, que tem uma pegada brasileira e tropical.

E, claro, que não poderíamos deixar de falar do nome, que vem de uma brincadeira com o regionalismo, de uma vontade, bem sucedida, de ser a nossa cara.

Foto: Bruno Little
1/5

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

20931128_10214057901591421_1366584916_o
21216318_10214155637434756_940663662_o
21245688_10214155643194900_570434912_o
Foto: Bruno Little
5/5

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

SERVIÇO: 
Mahoia Hostel & Café
Local: Vila Bachá 11, Meireles
Funcionamento: Quinta a domingo, de 17h às 0h

Publicidade

O Barbarians Pub vem conquistando o coração dos boêmios do Benfica

Por Mayara Kiwi em Diversão e cultura

21 de agosto de 2017

​A volta da boemia, inquieta como sempre, ouviu rumores de um novo pub no ​bairro Benfica e é claro, não iria perder essa por nada. Fomos lá conhecer e já adiantamos, todos deveriam ir também.

Com uma proposta inovadora e ​​tra​n​sformadora para o espaço onde está inserido, o Barbarians nasce​u​ no dia 21 de julho, com a missão de resgatar o conceito de Pub, na sua mais pura essência e faz isso com muito estilo e bom gosto. Quem costuma frequentar o bairro, sabe da carência, que existe em relação a um entretenimento, que traga um frescor de coisa nova e proporcione uma experiência diferente do usual e exaustivo.

20821428_1547215038634451_1275781069_o
coxinhas de frango ao molho barbecue
20807000_1547215095301112_1824603395_o

É impossível entrar no bar e não se atentar para a decoração, cheia de camisas de time​s​ assinadas por jogadores, balcão de madeira, bandeiras e troféus de Rugby. Os sócios Pedro Melo e Fernando Saraiva, além de fãs do Ferroviário, (Viva o ferrim!!), também jogam​ Rugby pelo time Asa Branca.

Junto das opções de cervejas puro malte, escuras, ipas, chopps, shots ou cachacinhas, o freguês pode escolher alguns petiscos, como as suculentas coxinhas de frango acompanhadas por molho barbecue ou quem sabe uma porção de batata frita com cheddar e bacon.  Das cervejas especiais, provamos a Hopsession Session, uma Ipa da 5 elementos, que é a primeira cervejaria artesanal do Ceará, e nos surpreendemos com o aroma delicioso e o sabor leve e agradável que ela tem. É uma boa pedida.

 Hopsession Session, uma Ipa da 5 elementos

Hopsession Session, uma Ipa da 5 elementos

Além de tudo isso, você pode assistir aos jogos, ouvir uma música incrível, ser muito bem atendido e pagar um preço nada assustador. Realmente, tiramos o nosso chapéu para o Barbarians Pub, que trouxe a qualidade e a experiência diferenciada que faltava no Benfica. Sejam bem vindos!

 

 

leia tudo sobre

Publicidade

Conheçam o Mahoia Hostel e Café: um lugar aconchegante em meio a Vila Bachá

Por Mayara Kiwi em Diversão e cultura

06 de outubro de 2017

Tudo começou com a ideia de um hostel. Luiz Costa, o proprietário e barista, de apenas 25 anos, morou durante alguns anos na Austrália e foi lá que ele descobriu o fantástico mundo do café. Ao voltar para o Brasil, nasceu uma crescente vontade de dividir sua nova paixão e vivência com a terra natal.

Ele estava procurando um lugar perto da praia, que não fosse muito movimentado e que tivesse uma atmosfera bem especifica. Não estava sendo muito fácil até que, ao passar por uma vila pequeninha em meio ao Meireles e ver uma placa de aluga-se, enxergou naquele espaço, negligenciado e praticamente abandonado, a possibilidade de reavivar a ruazinha e misturar um clima gostoso de conversa na calçada, com uma experiência diferente e aconchegante.

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

 

Quando chegou à casa, que daria berço ao que hoje é o Mahoia, Luiz logo percebeu que podia ir muito além de um hostel. O lugar poderia atender ao público de Fortaleza, não apenas como um espaço para receber pessoas, mas como uma forma de compartilhar histórias. Pensando no que tornaria essa vivência ainda mais rica, ele “matutou” a possibilidade de oferecer alguma coisa aos clientes e foi daí que surgiu a ideia do café e, naturalmente, o conceito brotou por completo.

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

 

Uma coisa é certa: se você gosta de café e de drinks de muito bom gosto, este é o lugar certo. As opções são várias e vão desde as bebidas geladas, quentes, com chantilly, chocolate ou cachaça, até os petiscos deliciosos e super bem executados. Fica à sua escolha, assim como os hambúrgueres (uau!) e acompanhamentos, que vão te fazer ter vontade de dar um abraço no chef da casa. Os pratos vêm muito bem montados e recebem uma atenção, que faz toda a diferença, quando chegam à mesa.

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

 

As possibilidades se estendem para todo os gostos. Juntando o contemporâneo com a baixa gastronomia e o sentimento de aconchego de casa, o Mahoia oferece uma verdadeira experiência gastronômica. O burger Spicy tem a crocância perfeita, combinada com um sabor inusitado, porém delicioso, e alimenta os famintos por pimenta. Já quem não come carne, não fica de fora, pode pedir o Veggie Mahoia, um burger de falafel israelense no pão australiano, molho ranch, queijo coalho, tomate, cebola, e alface. (É permitido salivar!)

Veggie Mahoia (Foto: Luiz Costa)

 

O cardápio também oferece a boa e velha cervejinha gelada e drinks sem álcool, como a refrescante pink lemonade, que conquista todo mundo que se propõe a beber. A dica para quem é um pouco mais ousado e que adora provar coisas novas é a caipirinha de café. (Isso mesmo, você não leu errado!) Ela é uma daquelas surpresas que você vai adorar ter. Pode apostar!

Pink Lemonade (Foto: Bruno Little)

Pink Lemonade (Foto: Bruno Little)

 

Além do atendimento impecável e funcionários muito gentis e atentos, o espaço conta com uma programação musical, composta por djs e bandas locais e o plus é que o espaço é vinil frendly. (hahaha) Ou seja, a maioria dos djs tocam com vinil e tem tudo a ver com a proposta e decoração da casa, que tem uma pegada brasileira e tropical.

E, claro, que não poderíamos deixar de falar do nome, que vem de uma brincadeira com o regionalismo, de uma vontade, bem sucedida, de ser a nossa cara.

Foto: Bruno Little
1/5

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

20931128_10214057901591421_1366584916_o
21216318_10214155637434756_940663662_o
21245688_10214155643194900_570434912_o
Foto: Bruno Little
5/5

Foto: Bruno Little

Foto: Bruno Little

SERVIÇO: 
Mahoia Hostel & Café
Local: Vila Bachá 11, Meireles
Funcionamento: Quinta a domingo, de 17h às 0h