Publicidade Anuncie

Trilhas do Parque do Cocó são boa opção de lazer para momentos de folga

São três percursos, com 2 km no total, que garantem aos visitantes um panorama do manguezal e das espécies locais

São mais de dois quilômetros de trilhas divididas em três trechos: o principal, o da lagoa e o do rio. (FOTO: Reprodução)

São mais de 2 quilômetros de trilhas divididas em três trechos: o principal, o da lagoa e o do rio. (FOTO: Reprodução)

Em 1989, o decreto estadual número 20.253 criou oficialmente o Parque Ecológico do Cocó, em Fortaleza. Desde então, a área de preservação se expandiu e abrange, atualmente, um espaço de cerca de 1.155,2 hectares.

De grande importância ambiental e social, o Parque do Cocó também se transformou, nos últimos anos, em uma opção de lazer querida e procurada pelos fortalezenses. As trilhas são um show à parte e oferecem aos que passam uma visão privilegiada da biodiversidade local.

Ao todo, são mais de 2 quilômetros de trilhas divididas em três trechos: o principal, o da lagoa e o do rio. Elas ficam abertas das 6h às 17h, e permitem caminhadas, corridas, pedaladas ou simplesmente passeios para apreciar as belezas naturais do parque.

Segundo o coordenador de educação ambiental do Parque do Cocó, Lucas Silva, as trilhas são ricas em espécies nativas da fauna e flora cearense.

“Nessas trilhas, os usuários vão ter a oportunidade de conhecer um pouco sobre o manguezal, que é um sistema importantíssimo, considerado um berçário natural para vários seres vivos. Também as ruínas das antigas salinas, que estiveram aqui na década de 1960”, aponta.

Para trilhas guiadas pelos monitores é preciso agendar com antecedência pelo número 3234.3574 ou pelo e-mail parquedococo@sema.ce.gov.br.

Com reportagem de Pâmela Marinho, com narração de Lara Veras para a Rádio Tribuna BandNews FM.

Dê sua Opinião